Beleza / Wellness

Lua cheia em Gémeos com Marte retrógado. Boas ou más notícias?

Quase sempre sinal de tensão e transformação, a Lua cheia desta noite, que acontece pelas 23h09, influencia vários signos. Saiba o que isso vai significar.

A carregar o vídeo ...
07 de dezembro de 2022 Rita Silva Avelar
A 7 de dezembro de 2022 , às 23h09, a Lua cheia em Gémeos, conhecida também por "Lua Fria", estará no céu em todo o seu esplendor. "Uma Lua cheia em gémeos em conjunção ao Marte retrógrado" resume Andrea Pereira, astróloga colaboradora da Máxima, que nas previsões para o mês de dezembro já alertava para esta conjugação astral.

O que signifca e que signos impacta mais esta Lua? Primeiro, "é um dia para ter cuidado com frustração acumulada, improvisar um spa em casa e arranjar espaço para repor energia e estar em silêncio. Não reagir, e deixar algumas conversas para outro dia", alerta. Este é, no entanto, um bom dia para escrever e planear, perceber o que gostaríamos de dizer a alguém e por por tópicos". Os signos mais afetados serão Gémeos, Sagitário, Virgem e Peixes - todos precisam de estar atentos a possíveis conflitos. É um momento delicado, reforça a astróloga. 

Enquanto Gémeos e Sagitário podem experienciar frustração nas relações ou entrar em discussões sobre pontos de vista, Virgem pode entrar em exaustão interna e até sofrer crises digestivas fortes. Em Peixes, haverá espaço para mal entendidos e confusões com pessoas próximas. No entanto, "se a energia for canalizada de
forma positiva pode ser construtiva", precisamos de estar cientes de que haverá a "tendência se estar cansado e reativo."

"Além de representar um círculo completo, esta fase lunar aumenta e intensifica as nossas ondas emocionais", diz Valerie Mesa, astróloga, ao site Style Caster. "Marte é o planeta da ação, energia e paixão, então a irritabilidade é inevitável quando este planeta está retrógrado. Quero dizer, imagine ser o Deus da guerra e da agressão, e não ter escolha a não ser desacelerar. Marte retrógrado não vai nessa conversa e a sua proximidade com a Lua pode ser incrivelmente volátil e provocadora", compara. 

Adicionalmente, pelas 5h27 (na madrugada de 7 para 8 de dezembro), Marte irá passar por trás da Lua, na mesma noite em que o planeta vermelho atinge o ponto máximo do seu brilho e tamanho, para quem o observa da Terra. Um fenómeno que só torna a acontecer em 2033 e que será visível a olho nu. 
Saiba mais
Beleza, Educação, Lua, Lua Cheia, Marte retrógado, Signos
Leia também
As Mais Lidas