Beleza

Usaria champô com cebola?

Já é um fenómeno na internet. O champô à base de cebola é a nova tendência da Beleza, mas fará mesmo justiça à sua fama? Fomos investigar.

Foto: Unsplash
21 de fevereiro de 2020 | Vitória Amaral

O conceito de um champô de cebola parece, à partida, desagradável, no entanto é uma das tendências de beleza mais pesquizadas no Google (aumentaram mais de 50% só em 2019). Tudo começou com a marca Nuggela & Sulé, que lançou o primeiro champô com extrato de cebola do mercado cosmético com a promessa de fazer o cabelo crescer mais rapidamente, ideia que várias marcas seguiram. Apesar de todo o furor, o ingrediente nunca deixou de levantar algumas questões nomeadamente quanto ao cheiro ou aos benefícios reais.

Começando pelo primeiro, a própria embalagem de Nuggela & Sulé avança que a sua fórmula não tem qualquer odor a cebola. Numa entrevista ao El PaísReme Navarro, CEO da revendedora cosmética Mifarma, explica que "a maioria dos champôs que contêm extrato de cebola são formulados com outros extratos que completam a sua ação", sendo estes na maioria de origem cítrica, os verdadeiros protagonistas do aroma. Nas avaliações do website da Babaria (que também vende a sua própria versão) ou no próprio site da Nuggela & Sulé, os consumidores referiram o seu cheiro frutado, estando este entre os produtos mais vendidos na categoria de beleza.

Em 2018, um estudo realizado pela Universidade de Adarsh, na Índia, confirmou que a cebola é um vegetal que possui propriedades antissépticas e antibacterianas que hidratam o cabelo e reduzem a perda do mesmo. A explicação apresentada é que dois ativos poderosos atribuem à cebola esse agente fortalecedor. O primeiro é o enxofre, "conhecido como o mineral da beleza pelas suas propriedades antissépticas e pela sua capacidade de purificar e melhorar a condição do couro cabeludo" alega a própria marca, que acrescentou que o segundo ativo é a quercetina, um flavonóide natural que melhora o fluxo sanguíneo e reduz a inflamação do couro cabeludo".

Duas das maiores preocupações dos consumidores são o crescimento do cabelo e o aumento de densidade ou volume, daí a atenção que se tem gerado à volta deste produto. Na mesma entrevista, Navarro alertou que "embora a maioria dos champôs que contenham cebola sejam benéficos para o fortalecimento dos cabelos, o ideal é escolher um produto com base nas necessidades pessoais e que seja avaliado por um especialista". É, assim, de extrema importância ter em atenção a fórmula dos champôs ditos "milagrosos" como um todo, não considerando a cebola como ingrediente que faz a diferença, e fazer uma escolha de acordo com as características não só do seu cabelo como do couro cabeludo.

Embora ainda seja difícil de encontrar fisicamente este produto em Portugal, poderá encomendar no website da Mifarma.




Saiba mais champô, cebola, cabelos, cuidado capilar, couro cabeludo, beleza
Relacionadas

Cinco passos para reconstruir o cabelo

Proteger, tratar e corrigir. É este o trio perfeito para alcançar um cabelo bonito. Este outono recomendamos cinco passos essenciais para recuperar a cor e a saúde capilar.

Mais Lidas