Atual

O que este novo documentário revela sobre Hillary Clinton

O documentário Hillary, realizado por Nanette Burstein, é um retrato de quatro horas daquela que é, muito provavelmente, uma das figuras femininas mais famosas e divisórias da política contemporânea.
Por Rita Silva Avelar, 12.06.2020

Em What Happened (Simon & Schuster), o livro de memórias que Hillary Clinton publicou em 2017 sobre a sua experiência como candidata do Partido Democrata e candidata às eleições americanas para Presidente dos Estados Unidos em 2016, tivemos acesso a um lado mais íntimo de Clinton, narrado na primeira pessoa. O mundo volta agora a falar desse lado mais reservado desta poderosa figura feminina da política americana com a estreia do documentário Hillary, realizado por Nanette Burstein e dividido em quatro partes.

Neste documentário, a realizadora reconstrói a história pessoal e profissional de Hillary a par da campanha eleitoral de 2016 (a partir de mais de 2.000 horas de filmagens dos bastidores dessa campanha) de entrevistas com 45 das pessoas próximas de Clinton (dos amigos de infância aos seus auxiliares de campanha, da filha Chelsea, e do marido, Bill) e ainda 35 horas de entrevistas com Hillary. Entre os testemunhos, estão nomes como Barack Obama, Peter Baker, Bernie Sanders, Jake Sullivan, John Podesta, Cheryl Mills, Philippe Reines ou Jennifer Palmieri.

O que este novo documentário revela sobre Hillary Clinton

No documentário, Nanette Burstein tenta explicar porque é que as pessoas achavam Clinton tão convincente e, ao mesmo tempo, tão capaz de polarizar opiniões. "À medida que fui aprofundando [Clinton] senti que esta era uma oportunidade para compreender algumas das coisas que mais me interessam, que é a história do feminismo contemporâneo nos Estados Unidos, e a história da política partidária, e de como tudo funciona" revelou Burstein ao The Atlantic. Para fazer essa trajectória, a realizador ancora-se sempre na campanha eleitoral de 2016, e na luta para tentar vencer Donald Trump.

Embora não haja qualquer menção às acusações de corrupção e ao escândalo sexual que perseguiram os Clintons, há uma retrospetiva à carreira de Hillary Clinton sempre contada de forma polida, clara e de um prisma feminino. Disponível na Hulu.

Tags: hillary clinton what happened partido democrata nanette burstein estados unidos presidente cultura américa eua documentário hulu
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
3 Comentários
Comentário mais votado
Antonio Almeida Mais divisoria sim senhora!! Esta senhora nao e so mentirosa como o marido (votei nele) mas mais do que tudo divisoria e incutiu essa linha no meu partido!! E uma especie de abutre que se alimenta da divisao. COnvencendo os negros a votarem nela usando mentiras para os atrair, mas nao fazendo nada por eles. Deixou uma heranca de divisao que se nao for curtada nunca mais teremos paz neste pais que tem muito menos de racismo do que ela propaga!!
Há 3 semanas
Anónimo A Hillary é umapeça do sistema politico americano. O Trump ao pe desta é um menino de coro. Putin. Jungs, ou outros que tais borram-se de medo ao pe dela. Tudo fizeram para la por uma Banana Laranja. Em alguns aspetos comparo-a com a Tatcher. Por algum motivo ela teve que sair do Governo do Obama. Nao é possivel ter 2 galos na capoeira
Há 3 semanas
Carlos Borges da Fonseca Só faltava ter que aturar esta "mula"
Há 3 semanas
Antonio Almeida Mais divisoria sim senhora!! Esta senhora nao e so mentirosa como o marido (votei nele) mas mais do que tudo divisoria e incutiu essa linha no meu partido!! E uma especie de abutre que se alimenta da divisao. COnvencendo os negros a votarem nela usando mentiras para os atrair, mas nao fazendo nada por eles. Deixou uma heranca de divisao que se nao for curtada nunca mais teremos paz neste pais que tem muito menos de racismo do que ela propaga!!
Há 3 semanas
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!