Atual

Harvey Weinstein indiciado em mais três crimes sexuais

O antigo produtor de cinema encontra-se agora em risco de ser condenado a prisão perpétua.

02 de julho de 2018 | Joana Maia Rodrigues
O Procurador do distrito de Manhattan, Cyrus Vance Jr., avançou esta segunda-feira com uma nova acusação de crime sexual em primeiro grau e mais duas de "agressão sexual predatória" contra Harvey Weinstein, antigo produtor de cinema de Hollywood. Outrora uma das grandes figuras da sétima arte, Weinstein pode até ser condenado a prisão perpétua.
Estas acusações são feitas por mais de 70 mulheres, no entanto, o ex-produtor declara-se inocente, como de resto já aconteceu em tribunal, em maio deste ano.
O caso Weinstein teve inicio em outubro de 2017 e tem sido um dos mais mediáticos em relação a assédio sexual em Hollywood até hoje.
Saiba mais Harvey Weinstein, assédio sexual
Relacionadas
Mais Lidas
Realeza As amantes da vida de Juan Carlos

Num momento de especulação sobre o seu paradeiro, e após informar a casa real espanhola do seu afastamento, voltam a surgir as histórias da vida de um rei que nunca gostou de ser discreto.