Atual

De festival a oficina: o Iminente está de volta

É hoje que arranca o Iminente, com um novo conceito e que conta com música, arte, workshops e talks, no Panorâmico de Monsanto.

Foto: Coruja x Iminente
09 de setembro de 2020 | Inês Esteves

"Não é um festival, mas continua a ser Iminente!" assim se lê no site do festival. Sim, é verdade, este ano o Festival Iminente não decorre como festival, devido à pandemia de covid-19, mas como "Oficina Iminente".
A Oficina Iminente, que começa hoje, dia 9, e acaba dia 19 de setembro, foi um projeto que nasceu para apoiar alguns dos setores mais afetados pela pandemia: a arte e a cultura. Ao ar livre, esta iniciativa com a curadoria de Vhils e da Underdogs e vai incluir atividades como workshops, talks, concertos e um parque de arte pública.

Tal como todos os eventos, este também vai ter normas de segurança de prevenção à covid-19, como o distanciamento social. Por essa razão, apenas os participantes dos workshops podem estar no local, e os concertos são transmitidos em streaming através do website do evento.   

Nos workshops, o evento vai receber artistas como ±MaisMenos±, Chullage, Inês Tartaruga Água, Os Espacialistas, Piny. Orchidaceae., Trypas Corassão e Wasted Rita para ajudar os participantes a desenvolver as técnicas e o conhecimento para um processo criativo colaborativo. No final, os integrantes habilitam-se a ganhar três bolsas destinadas aos mais criativos. Para aderir a esta iniciativa, terão de preencher o formulário de inscrição neste curso, que se encontra no website do Iminente.

As talks vão consistir em conversas e debates com vários convidados que vão abordar temas relacionados com artes visuais e sustentabilidade, linguagens corporais e urbanismo, ativismo e linguagens sonoras. Vão haver quatro concertos transmitidos em direto pelo site do festival e os artistas escolhidos para oferecer a componente musical ao evento foram Chong Kwong, Mynda Guevara, Shaka Lion e XEH!. Em relação ao parque de arte pública, no Panorâmico de Monsanto vai ser o palco de artistas como Add Fuel, Aka Corleone, Francisco Vidal, Tamara Alves e Wasted Rita, com obras originais. 

Os bilhetes para a Oficina Iminente estão à venda desde dia 26 de agosto na Ticketline, custam entre 35€ (workshop de um dia) e 100€ (workshop de três ou mais dias).

O evento, novamente patrocinado pela Super Bock Coruja, sendo a cerveja oficial do festival regressa como promotora da Arte Urbana. A Coruja é patrocinadora do Iminente desde 2018. Com um forte posicionamento ligado às artes, lançou recentemente a coleção de rótulos personalizados, em parceria com a Solid Dogma e nove artistas portugueses, ligação artística que surge desde o lançamento da marca, e que materializa a sua identidade criativa.

A gama de cervejas especiais Coruja é constituída pelas variedades India Pale Ale e American Amber Lager, que se destacam pelo sabor e aroma. Estas são produzidas de forma única em Portugal – a partir de ingredientes de origem 100% natural, com recurso à técnica de "dry hopping", que é inédito em Portugal por ser usada em grande escala. Esta técnica consiste no adicionar tardio da planta lúpulo no processo de fabrico, o que intensifica o aroma.

Saiba mais Iminente, Super Bock Coruja, artes, cultura e entretenimento, festival, concertos, música, artistas
Relacionadas

Pensamento negativo é positivo?

Quem disse que ser pessimista, estar triste ou macambúzio está fora de moda? Todos os pensamentos contam para o equilíbrio emocional. E pensar negativo também tem as suas vantagens…

A ModaLisboa está de volta para uma edição especial

A nova edição da ModaLisboa acontece entre 7 e 11 de outubro, desta vez com entrada grátis e livre, no Parque Eduardo VII. O evento teve de se adaptar às condições da pandemia, pelo que vai ter uma grande componente virtual, e bastantes restrições.

Labanta Braço, a iniciativa musical na luta contra o racismo

“Por George Floyd. Por Bruno Candé Marques. Por todas as vítimas do racismo e da opressão social. (…) Lebanta Braço.” A plataforma Rimas e Batidas e o programa de rádio Raptilário lançam em conjunto uma compilação solidária criada por artistas negros, Labanta Braço.

Mais Lidas
Celebridades O outro lado de Joana Aguiar

Atriz, estudante de gestão e modelo, Joana Aguiar dá cartas na televisão e no cinema portugueses. Por aqui, mostra um lado mais camaleónico que tanto aprecia na profissão, e uma atitude edgy que não se disfarça: ou se tem, ou não se tem.

Celebridades Joias ao ar! Os roubos mais extraordinários das últimas décadas

Isto não é um assalto, mas é um texto sobre os roubos de joias mais mediáticos das últimas décadas. Ficamos por aqui, pois, caso contrário, teríamos de publicar um outro número só acerca do assunto. O tema desperta curiosidade porque junta pedras preciosas, realeza, celebridades, museus, marcas de prestígio, polícias e ladrões. E, por vezes, as notícias da realidade confundem-se com histórias de ficção.