Atual

Annie Ernaux vence Prémio Nobel da Literatura 2022

A Academia Sueca celebra a narrativa da francesa de 82 anos, que escreve com frequência sobre temas relacionados com o género e a classe, mas também sobre o aborto e poder feminino, com a atribuição do Nobel da Literatura.

A carregar o vídeo ...
06 de outubro de 2022 Rita Silva Avelar
Autora de aclamadas obras literárias como Os Anos - vencedor do Prémio Marguerite Duras e finalista do Prémio Man Booker Internacional - Um Lugar ao Sol (1984), vencedor do Prémio Renaudot, e O Acontecimento (levado ao grande ecrã por Audrey Diwan) Annie Ernaux vence um dos mais importantes prémios de reconhecimento: o Prémio Nobel da Literatura. A escritora, que nasceu Lillebonne, na Normandia, em 1940, é uma das mais importantes da literatura francesa. Género, classe, poder feminino - todos os temas que importam, Annie Ernaux aborda-os nas suas obras literárias. O prémio, lê-se na página oficial do prémio, foi entregue "pela coragem e acuidade clínica com que ela põe a descoberto as raízes, alienações e constrangimentos colectivos da memória pessoal."

Galardoada com o Prémio de Língua Francesa (2008), o Prémio Marguerite Yourcenar (2017) e o Prémio Formentor de las Letras (2019) pelo conjunto da sua obra, em 
Portugal é editada pela Livros do Brasil - O Acontecimento, Uma Simples Paixão, Os Anos e Um Lugar ao Sol são títulos que podemos ler por cá, traduzidos.
Saiba mais
Mundo, Discussão, Atualidade, Annie Ernaux, Prémio Nobel da Literatura 2022
Leia também
As Mais Lidas