Prazeres

Oliveira da Serra. Um azeite cada vez mais verde

Comprometida em ser mais sustentável, a marca de azeite está cada vez mais dedicada a implementar medidas que ajudem a preservar o meio ambiente: da rega à embalagem, eis as novas medidas que a Oliveira da Serra adotou.

A carregar o vídeo ...
03 de outubro de 2022 Bianca Gregório / com Rita Silva Avelar.

O novo posicionamento do azeite Oliveira da Serra assinala o início de um novo capítulo mais sustentável e mais consciente na história da marca: a pensar nos alimentos, mas também nos animais, nas pessoas e na Terra. Este ciclo de mudanças pretende reforçar os ideais da marca que sempre fizeram parte do seu ADN – a consciência ambiental, um dos fundamentais - o que se traduz num produto não se fica apenas por ser bom, tem também de ser feito para o bem geral, neste caso, do planeta.

Assim, e sob o lema "O Bom, pela Terra", mais atual que nunca, a Oliveira da Serra implementou medidas essenciais. Por exemplo, inovou nos sistemas de rega gota a gota - que contribuem para uma diminuição muito significativa no desperdício de água - e um aproveitamento dos caroços das azeitonas para gerar energia verde. A marca afirma que pretende "fazer o melhor que podemos, dentro e fora da garrafa", e apela aos portugueses que se unam e façam a sua parte no que toca à sustentabilidade e contribuição para a vida na Terra, através de ideias ou transformações que sejam benéficas. 

Outra das medidas foi a poupança de redução de tinta nos rótulos, pois a tinta que pode ser poluente para o nosso planeta, tal como uma redução de utilização de plástico – isto é possível graças à incorporação de PET reciclado, ou seja, "reciclagem de restos de materiais".

'Oliveira da Serra' utiliza os caroços das azeitonas para gerar energia verde
'Oliveira da Serra' utiliza os caroços das azeitonas para gerar energia verde
Saiba mais
Gastronomia, Atualidade, Sustentabilidade, Oliveira da Serra
Leia também
As Mais Lidas