Prazeres

O chef Nuno Mendes será o líder gastronómico do renovado Bairro Alto Hotel

Nuno Mendes regressará a Lisboa para comandar o novo hotel, que abrirá em abril de 2019, e acaba de lançar o seu livro de receitas, Lisboeta, em português.

31 de outubro de 2018 | Aline Fernandez

Se nos últimos meses passou pela Praça Luís de Camões, em Lisboa, deve ter reparado que o Bairro Alto Hotel está fechado para obras desde novembro do ano passado. Para animar a futura abertura, prevista para abril de 2019, foi revelado que o chef português Nuno Mendes, com uma carreira consolidada em Londres, será o futuro diretor criativo de Food & Beverage.

Nuno ganhou uma estrela Michelin (no Viajante, em Londres) e gere agora o Chiltren Firehouse, a Taberna do Mercado e o recente Mãos, também na capital britânica. Em Lisboa, deixou algumas pistas do que irá ser o conceito dos cinco espaços de restauração do hotel.

O principal será o Bahr, no quinto piso, onde vai servir versões contemporâneas de pratos icónicos da comida portuguesa, como xerém de bacalhau, lingueirão, jesuíta e bola de Berlim. O Terraço Bahr será um prolongamento do restaurante, com uma privilegiada vista para o Tejo. No Pastelaria encontraremos café e bolos clássicos enquanto o Mezzanine será um bar intimista, aberto todos os dias. Este último será distinto do Bar 18.68, com uma proposta mais virada para os cocktails de final  da tarde.

"Serão filosofias diferentes, mas haverá uma linha que é [o facto] de ser baseado no produto português, com técnicas que já uso, que me apaixonam. Queria também que houvesse um conceito boémio. Bem Bairro Alto. Eu gosto da energia que o Bairro Alto tem, então queria reter essa energia. Eu nasci em Lisboa e vivi em Lisboa até os 19 anos, então as minhas primeiras saídas a solo com amigos eram nas noites boémias do Bairro Alto. É um sítio onde eu me sinto muito em casa", confessou o chef, reiterando a importância de pensar os espaços para a cidade e não limitar os restaurantes ao hotel.

Além das zonas gastronómicas, as novidades do renovado Bairro Alto Hotel são os 87 quartos (mais do que os 55 anteriores), as quatro novas salas de reunião e um wellness center. A cinco meses da inauguração, já é possível fazer reservas com uma tarifa especial de abertura, com os preços do quarto Classic a começar a partir dos €315 por noite.

O chef escritor

Não é uma novidade que Nuno Mendes lançou há um ano o Lisboeta (Casa das Letras), um apanhado dos pratos tradicionais da capital portuguesa, que acaba de ser traduzido para português.

Quem está ansioso pela abertura do hotel tem aqui uma oportunidade de provar as delícias preparadas pelo chef e apresentadas no livro.

"A inspiração [deste livro] foi Lisboa. Talvez relembrar um pouco a minha vida antes de sair e a paixão pela cidade. Também é um documento para os meus filhos, para que eles possam um dia perceber a minha conexão com Lisboa", declara o apaixonado chef.

Apesar de alguns pratos terem sido deixados de lado, o livro inclui mais de cem receitas deliciosas – como a dos pastéis de nata, do pastel de massa tenra e dos rissóis de camarão – muito bem apresentadas e com imagens de deixar água na boca, mas há uma que tem uma ligação especial ao chef: o bolo de bolacha. Foi uma emoção porque "o fazia com a minha avó. Lembro-me que no dia em que pensei neste bolo, vieram-me estas memórias todas. Foi um momento muito especial. E é um bolo muito simples", partilhou o Nuno. E complementou: "Não queria fazer um livro para estar na prateleira, mas que se levasse para a cozinha." Sim, senhor, já planeamos um delicioso bolo de bolacha para o fim de semana.

O chef Nuno Mendes
Foto: Andrew Montgomery
1 de 2 O chef Nuno Mendes
Lisboeta (Casa das Letras), €33,90
2 de 2 Lisboeta (Casa das Letras), €33,90
Saiba mais chef, Nuno Mendes, gastronomia, Bairro Alto, hotel, Lisboa, livro, Lisboeta, Viagens&Gourmet
Relacionadas

5 coisas para fazer este fim de semana

Sem planos para os próximos dias? Este é o roteiro de fim de semana perfeito: entre um brunch de Halloween ou um ida a uma nova exposição, escolha aquele que prefere, ou faça todos!

Mais Lidas