Prazeres

Infinitas razões para ir a Roma

Cidade histórica, boa comida e um povo animado são apenas alguns dos encantos da capital da Itália. Mostramos-lhe o que saber antes de marcar a viagem: onde dormir, onde comer, o que ver e o que levar para a cidade eterna.

04 de abril de 2019 | Aline Fernandez

É uma espécie de galeria de arte a céu aberto – as vistas mais deslumbrantes de Roma, Itália, estão nas ruas e são gratuitas. Por isso, aproveite para andar em vez de optar pelos transportes públicos ou táxis, e guie-se pelas sugestões da Máxima.

Onde ir

O centro histórico de Roma é relativamente pequeno e, caso esteja hospedado nesta área, é absolutamente possível fazer tudo a pé. Divida as atrações pela proximidade e aproveite a caminhada para queimar as calorias das delícias intermináveis que por lá tem (veja quais em ‘Onde comer’).

Em baixo, deixamos sugestões para três dias:

Dia 1

Piazza del Popolo

Villa Médici

Galleria Nazionale d'Arte Moderna e Contemporanea

Museo e Galleria Borghese

Piazza di Spagna

Fontana di Trevi

Pantheon

Piazza Navona

Campo dei Fiori

Dia 2

Il Museo del Louvre (que não é um museu, sim um loja dedicada à fotografia e arte)

Piazza Venezia

Monumento a Vittorio Emanuele II

Campidoglio

Foro Romano

Palatino

Coliseu

Arco di Constantino

Termas de Caracala

Circo Massimo

Bocca della Veritá

Dia 3

Castel Sant’Angelo

- Vaticano

Piazza San Pietro

Basilica di San Pietro

Museus do Vaticano e Cappella Sistina

Nota: Católico ou não, Roma tem uma infinidade de igrejas a visitar além do Vaticano. Onde mais no mundo se encontram duas igrejas idênticas? A Santa Maria di Montesanto e a Santa Maria dei Miracoli ficam na Piazza del Popolo, onde também encontra a Chiesa de Santa Maria del Popolo. Vale a pena ressaltar que na capital italiana pode ver obras, painéis, esculturas e quadros de artistas renascentistas como Michelangelo e Rafael de graça, já que não há custo para entrar em igrejas como estas. Destaque para a Basilica Papale di Santa Maria Maggiore, a Chiesa di Sant' Ignazio di Loyola, a Basilica di Santa Maria in Travestere e a Basilica di San Pietro in Vincoli.

Onde comer

Facto é que nunca haverá dias suficientes para comer em todos os ótimos restaurantes da cidade, nem tantas refeições por dia para provar todas as combinações de massas e molhos, prosciutto, queijos, vinhos e gelados. Infelizmente. Se só poder escolher alguns lugares para ir, delicie-se no Restaurante Il Vero Alfredo, local onde foi criado o fettuccine Alfredo. O prato de massa com queijo Parmesão e manteiga é finalizado à frente do cliente, o que só aumenta o apetite. Outra paragem obrigatória é o pequeno Borghiciana Pastificio Artigianale, próximo ao Vaticano. O local simpático prepara massa fresca e serve comida tão deliciosa quanto as lindas loiças em que é servida. E não volte de Roma sem provar a lasagna divinal do restaurante Tonnarello, em Trastevere. Para completar a refeição bem italiana, peça para entrada o carciofo alla Giudia, a viciante alcachofra em formato de chips.

Se quiser passar o dia em Trastevere, a zona hype de Roma, pode aproveitar para comer na Pizzeria Ai Marmi e a sobremesa na Gelateria Fiordiluna. Antes das muitas variedades de gelados (já lá chegaremos), inclua a ‘la matriciana’ ou a ‘la carbonara’ da Salumeria Roscioli na sua lista de restaurantes a visitar. A Salumeria Roscioli também é uma delicatessen, uma excelente oportunidade para comprar conservas para levar para casa. Mais um prato a não perder é o spaghetti ajo ojo e peperoncino do Armando al Pantheon que, como o nome indica, fica mesmo ao lado do panteão romano, um dos monumentos mais bem conservados e um testemunho da história da cidade. Se o tempo for curto ou se gostar de petiscar, vá ao Supplizio, a dois quarteirões do Rio Tibre, e além do supplì, o típico bolinho de arroz romano, peça uma crocchette di patate.

Os gelatos

Porque sim, porque é Roma, porque tenham sido criados ou não pelos romanos, foram aperfeiçoados em Itália e são a perdição dos amantes dessa sobremesa. Além da já citada Gelateria Fiordiluna, é possível fazer todo um roteiro gastronómico atrás dos melhores gelados da cidade. As paragens obrigatórias são a Gelateria La Romana, de entre os muitos sabores, não deixe de provar o de banana e o Crema dal 1947, a Frigidarium, com as suas opções de calda quente ou creme fresco sobre o gealdo, a Old Bridge com o sabor imperdível de pistáchio 100% DOP ou o supreendente ricotta com pistacchio, a Fatamorgana, com os seus gelados confecionados com ingredientes naturais, e a Giolitti, que além dos cones possui taças tão apelativas quanto saborosas.

O que levar

  • Uma visita ao país de marcas como Gucci, Valentino, Alberta Ferretti, Dolce & Gabbana, Prada é uma ótima desculpa para levar menos na sua bagagem e regressar com mais. Leve opções mais descontraídas para o dia e outras mais formais para sair à noite.
Veja aqui o que não poder faltar na mala para um destino urbano.
Coliseu
1 de 30 Coliseu
Coliseu
2 de 30 Coliseu
Arco di Constantino
3 de 30 Arco di Constantino
Foro Romano
4 de 30 Foro Romano
Foro Romano
5 de 30 Foro Romano
Campo dei Fiori
6 de 30 Campo dei Fiori
Pantheon
7 de 30 Pantheon
Monumento a Vittorio Emanuele II
8 de 30 Monumento a Vittorio Emanuele II
O Monumento a Vittorio Emanuele II possui a Terrazza del Vittoriano com acesso por elevador panorâmico
9 de 30 O Monumento a Vittorio Emanuele II possui a Terrazza del Vittoriano com acesso por elevador panorâmico
Rio Tibre
10 de 30 Rio Tibre
Na rua Lungotevere dei Mellini, em Roma
11 de 30 Na rua Lungotevere dei Mellini, em Roma
Chiesa Sacro Cuore del Suffragio
12 de 30 Chiesa Sacro Cuore del Suffragio
Corte Suprema di Cassazione
13 de 30 Corte Suprema di Cassazione
Rio Tibre
14 de 30 Rio Tibre
Castel Sant’Angelo
15 de 30 Castel Sant’Angelo
Castel Sant’Angelo
16 de 30 Castel Sant’Angelo
Vista de cima do Castel Sant’Angelo
17 de 30 Vista de cima do Castel Sant’Angelo
Vista do Castel Sant’Angelo
18 de 30 Vista do Castel Sant’Angelo
Piazza San Pietro, Vaticano
19 de 30 Piazza San Pietro, Vaticano
Basilica di San Pietro, Vaticano
20 de 30 Basilica di San Pietro, Vaticano
Vista da cúpula da Basílica de São Pedro
21 de 30 Vista da cúpula da Basílica de São Pedro
Dentro dos Museus do Vaticano
22 de 30 Dentro dos Museus do Vaticano
Teto de parte dos Museus do Vaticano
23 de 30 Teto de parte dos Museus do Vaticano
Escadaria Bramante, Vaticano
24 de 30 Escadaria Bramante, Vaticano
O restaurante Borghiciana Pastificio Artigianale, próximo ao Vaticano
25 de 30 O restaurante Borghiciana Pastificio Artigianale, próximo ao Vaticano
Gnocchi al ragù do Borghiciana Pastificio Artigianale
26 de 30 Gnocchi al ragù do Borghiciana Pastificio Artigianale
O carciofo alla Giudia, a viciante alcachofra em formato de chips, do restaurante Tonnarello, em Trastevere
27 de 30 O carciofo alla Giudia, a viciante alcachofra em formato de chips, do restaurante Tonnarello, em Trastevere
A lasagna do restaurante Tonnarello, em Trastevere
28 de 30 A lasagna do restaurante Tonnarello, em Trastevere
É possível fazer todo um roteiro gastronómico atrás dos melhores gelados da cidade
29 de 30 É possível fazer todo um roteiro gastronómico atrás dos melhores gelados da cidade
Restaurante Il Vero Alfredo, local onde foi criado o fettuccine Alfredo
30 de 30 Restaurante Il Vero Alfredo, local onde foi criado o fettuccine Alfredo
Saiba mais Roma, Itália, viagem, feriado, Viagens&Gourmet
Relacionadas

Um fim de semana prolongado em terras algarvias

O The Lake Spa Resort e o Vilalara Thalassa Resort, ambos no Algarve, têm novas cartas nos restaurantes Fusion e B&G, respetivamente. Rumámos a sul a fim de as descobrir numa escapada que é ideal para fazer nestas férias da Páscoa.

Mais Lidas