Decoração

A incrível remodelação dos aposentos de Marie Antoinette em Versalhes

Após mais de três anos de remodelação, a residência da última rainha francesa no Palácio de Versalhes abriu ao público.
Por Inês Fernandes, 24.04.2019

O projeto custou mais de 500 milhões de euros e foi o maior investimento no Palácio de Versalhes desde que o Rei Louis-Philippe esteve no trono no século XIV. Apesar de Marie Antoinette ser a moradora mais emblemática desta zona do palácio, esta foi construída para a rainha Maria-Theresa, no século XV.

Estas câmaras foram agora remodeladas e incluem o quarto da rainha, a sala dos nobres, a antecâmara da mesa real e o quarto dos guardas da rainha.

O quarto, considerado o espaço mais importante, era onde Marie Antoinette, como qualquer rainha, passava a maior parte do seu tempo. Aqui nasceram mais de 20 príncipes e princesas franceses e morreram duas rainhas: Maria-Theresa em 1683 e Maria Leszczynska em 1768. A decoração do quarto reflete as três rainhas que o ocuparam. Na remodelação, as peças foram deixadas nos locais escolhidos pelas próprias e alguns objetos foram recuperados para se assemelharem o mais possível aos reais. Foram utilizados materiais iguais aos originais e a cama, por exemplo, foi refeita segundo documentos antigos.

Era no quarto dos nobres que a rainha Maria Leszczynska recebia muitos dos seus convidados e era onde passava tardes com o seu círculo de amigos. Usado como uma segunda antecâmara das rainhas, Marie Antoinette encarregou ao seu arquiteto Richard Mique de reconstruir a sala. Nasceu assim um espaço extremamente moderno e com móveis escolhidos a dedo.

A antecâmara da mesa real também foi remodelada. Tradicionalmente, as refeições tinham lugar na mesa real, que se localizava no palácio do lado da rainha. Apenas a família real podia sentar-se nesta mesa, por vezes acompanhada por duques ou membros da corte com cargos equivalentes.

Por fim, a divisão dos guardas da rainha, passagem obrigatória para se entrar no quarto da rainha. Dia e noite, doze guardas permaneciam nesta sala garantindo a proteção da rainha. É o único quarto nas câmaras da rainha que mantém a sua decoração original do século XVI.

Após anos de reconstruções, limpeza e remodelações, esta zona do palácio abriu ao público no último dia 16 de abril.

Tags: palácio de versalhes marie antoinette realeza frança palácio remodelação decoração
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!