Moda / Tendências

10 conselhos essenciais para quando se compra o vestido de noiva

Poupe tempo, dinheiro e lágrimas. Afinal, o casamento e os meses que o antecedem devem ser momentos felizes.

11 de junho de 2018 | Andreia Rodrigues
Existem vários tipos de noivas: a que sonha com o vestido desde a adolescência, a que nunca pensou nisso e está à espera de descobrir o que gosta, a que quer um vestido de princesa com todos os detalhes a que tem direito, a que prefere simples, a que precisa de experimentar dezenas de vestidos até escolher "o tal" e a que se decide logo à primeira, seguindo o ditado de que "não há amor como o primeiro". Numa coisa todas concordam: o vestido de noiva é um assunto importante, já que é uma das peças centrais do dia do casamento, aquele para o qual todos vão olhar e comentar. E, para algumas noivas, o processo de escolha do vestido é difícil, as indecisões são muitas, as opiniões também, e pode inclusive gerar lágrimas de frustração e nervosismo antes do momento em que todos se emocionam por ver a noiva linda e feliz.

Para todas as noivas, futuras noivas, mães da noiva e familiares, apresentamos 10 conselhos para que o processo da escolha do vestido seja muito mais fácil, descansado e feliz.
Não compre o vestido muito tarde nem muito cedo | O vestido de noiva deve ser comprado entre 10 a sete meses antes do casamento, pois é preciso tirar medidas, encomendar o tecido e costurar todo o vestido. Além disso, é preciso que haja tempo para o alterar ou fazer algum arranjo, caso aconteça algum imprevisto antes do casamento. Por outro lado, comprar o vestido demasiado cedo pode também ser um problema, pois se depois vir vestidos de outras noivas ou noutras lojas, pode ficar confusa em relação àquele que escolheu. O ideal é que, assim que compra o seu vestido, esqueça que outros existem e simplesmente pare de procurar e experimentar.
Foto: D.R.
1 de 10 / Não compre o vestido muito tarde nem muito cedo | O vestido de noiva deve ser comprado entre 10 a sete meses antes do casamento, pois é preciso tirar medidas, encomendar o tecido e costurar todo o vestido. Além disso, é preciso que haja tempo para o alterar ou fazer algum arranjo, caso aconteça algum imprevisto antes do casamento. Por outro lado, comprar o vestido demasiado cedo pode também ser um problema, pois se depois vir vestidos de outras noivas ou noutras lojas, pode ficar confusa em relação àquele que escolheu. O ideal é que, assim que compra o seu vestido, esqueça que outros existem e simplesmente pare de procurar e experimentar. Não compre o vestido muito tarde nem muito cedo | O vestido de noiva deve ser comprado entre 10 a sete meses antes do casamento, pois é preciso tirar medidas, encomendar o tecido e costurar todo o vestido. Além disso, é preciso que haja tempo para o alterar ou fazer algum arranjo, caso aconteça algum imprevisto antes do casamento. Por outro lado, comprar o vestido demasiado cedo pode também ser um problema, pois se depois vir vestidos de outras noivas ou noutras lojas, pode ficar confusa em relação àquele que escolheu. O ideal é que, assim que compra o seu vestido, esqueça que outros existem e simplesmente pare de procurar e experimentar.
Evite levar muitos acompanhantes | Este é um dos maiores erros que as noivas cometem. Entende-se que queiram partilhar este momento especial com todas as amigas e familiares chegados, mas quanto mais opiniões pior. E conseguir que todos concordem em relação a um vestido também não é tarefa fácil. Lembre-se que o mais importante é que se sinta bem com o vestido que escolher, por isso leve apenas as pessoas que acha que vão ser sinceras sem magoar, as que entendem o seu gosto pessoal, aquelas que sabe que não vão causar conflito, independentemente de quem sejam. Pode também optar por ir sozinha ou contratar uma stylist.
Foto: D.R.
2 de 10 / Evite levar muitos acompanhantes | Este é um dos maiores erros que as noivas cometem. Entende-se que queiram partilhar este momento especial com todas as amigas e familiares chegados, mas quanto mais opiniões pior. E conseguir que todos concordem em relação a um vestido também não é tarefa fácil. Lembre-se que o mais importante é que se sinta bem com o vestido que escolher, por isso leve apenas as pessoas que acha que vão ser sinceras sem magoar, as que entendem o seu gosto pessoal, aquelas que sabe que não vão causar conflito, independentemente de quem sejam. Pode também optar por ir sozinha ou contratar uma stylist. Evite levar muitos acompanhantes | Este é um dos maiores erros que as noivas cometem. Entende-se que queiram partilhar este momento especial com todas as amigas e familiares chegados, mas quanto mais opiniões pior. E conseguir que todos concordem em relação a um vestido também não é tarefa fácil. Lembre-se que o mais importante é que se sinta bem com o vestido que escolher, por isso leve apenas as pessoas que acha que vão ser sinceras sem magoar, as que entendem o seu gosto pessoal, aquelas que sabe que não vão causar conflito, independentemente de quem sejam. Pode também optar por ir sozinha ou contratar uma stylist.
A escolha do vestido é sua | É o seu casamento, o seu vestido e mais ninguém tem de se sentir bem com ele ou achar que é mais ou menos bonito. Portanto, a decisão final deve ser a sua. Não importa se a mãe acha que devia ser mais ornamentado, se a tia acredita que deveria ter cauda longa, ou se a melhor amiga esperava outra coisa. Quem gosta de si vai apoiar a sua decisão, não importa aquilo que escolha. A menos que sejam opiniões bem ponderadas e que façam sentido, esqueça os outros.
Foto: D.R.
3 de 10 / A escolha do vestido é sua | É o seu casamento, o seu vestido e mais ninguém tem de se sentir bem com ele ou achar que é mais ou menos bonito. Portanto, a decisão final deve ser a sua. Não importa se a mãe acha que devia ser mais ornamentado, se a tia acredita que deveria ter cauda longa, ou se a melhor amiga esperava outra coisa. Quem gosta de si vai apoiar a sua decisão, não importa aquilo que escolha. A menos que sejam opiniões bem ponderadas e que façam sentido, esqueça os outros. A escolha do vestido é sua | É o seu casamento, o seu vestido e mais ninguém tem de se sentir bem com ele ou achar que é mais ou menos bonito. Portanto, a decisão final deve ser a sua. Não importa se a mãe acha que devia ser mais ornamentado, se a tia acredita que deveria ter cauda longa, ou se a melhor amiga esperava outra coisa. Quem gosta de si vai apoiar a sua decisão, não importa aquilo que escolha. A menos que sejam opiniões bem ponderadas e que façam sentido, esqueça os outros.
Não ignore o orçamento | Sejamos francas: comprar um vestido de noiva não é barato. Atualmente, já há muitas opções alternativas, mais baratas e igualmente bonitas. No entanto, o vestido de noiva tradicional vem com um preço que facilmente chega aos quatro dígitos (ou até cinco). Antes de ir às lojas, estipule o preço que está disposta a pagar, o que lhe parece racional, ou, no caso de serem os pais ou outros familiares a pagarem, pergunte-lhes qual é o orçamento. Já nas compras, não experimente vestidos que custem mais do que o valor acordado, por mais que o ache bonito. Há muitos vestidos bonitos dentro do seu orçamento, com toda a certeza. Valerá a pena gastar todas as poupanças num vestido que só vai usar uma vez? Pense nisso e lembre-se que, além do vestido, há ainda que pagar as alterações, sapatos, véu e outros acessórios.
Foto: D.R.
4 de 10 / Não ignore o orçamento | Sejamos francas: comprar um vestido de noiva não é barato. Atualmente, já há muitas opções alternativas, mais baratas e igualmente bonitas. No entanto, o vestido de noiva tradicional vem com um preço que facilmente chega aos quatro dígitos (ou até cinco). Antes de ir às lojas, estipule o preço que está disposta a pagar, o que lhe parece racional, ou, no caso de serem os pais ou outros familiares a pagarem, pergunte-lhes qual é o orçamento. Já nas compras, não experimente vestidos que custem mais do que o valor acordado, por mais que o ache bonito. Há muitos vestidos bonitos dentro do seu orçamento, com toda a certeza. Valerá a pena gastar todas as poupanças num vestido que só vai usar uma vez? Pense nisso e lembre-se que, além do vestido, há ainda que pagar as alterações, sapatos, véu e outros acessórios. Não ignore o orçamento | Sejamos francas: comprar um vestido de noiva não é barato. Atualmente, já há muitas opções alternativas, mais baratas e igualmente bonitas. No entanto, o vestido de noiva tradicional vem com um preço que facilmente chega aos quatro dígitos (ou até cinco). Antes de ir às lojas, estipule o preço que está disposta a pagar, o que lhe parece racional, ou, no caso de serem os pais ou outros familiares a pagarem, pergunte-lhes qual é o orçamento. Já nas compras, não experimente vestidos que custem mais do que o valor acordado, por mais que o ache bonito. Há muitos vestidos bonitos dentro do seu orçamento, com toda a certeza. Valerá a pena gastar todas as poupanças num vestido que só vai usar uma vez? Pense nisso e lembre-se que, além do vestido, há ainda que pagar as alterações, sapatos, véu e outros acessórios.
Não compre um vestido para se incentivar a perder peso | Compre o que lhe serve e altere mais tarde se for preciso, mas não compre um vestido com tamanho abaixo do seu, só porque decidiu fazer dieta e vai estar mais magra no dia do casamento. Não consegue prever se vai efetivamente conseguir perder peso e é melhor não arriscar e chegar perto da data com um vestido que não lhe serve.
Foto: D.R.
5 de 10 / Não compre um vestido para se incentivar a perder peso | Compre o que lhe serve e altere mais tarde se for preciso, mas não compre um vestido com tamanho abaixo do seu, só porque decidiu fazer dieta e vai estar mais magra no dia do casamento. Não consegue prever se vai efetivamente conseguir perder peso e é melhor não arriscar e chegar perto da data com um vestido que não lhe serve. Não compre um vestido para se incentivar a perder peso | Compre o que lhe serve e altere mais tarde se for preciso, mas não compre um vestido com tamanho abaixo do seu, só porque decidiu fazer dieta e vai estar mais magra no dia do casamento. Não consegue prever se vai efetivamente conseguir perder peso e é melhor não arriscar e chegar perto da data com um vestido que não lhe serve.
Não vá às compras com as opções em aberto nem com as ideias demasiado fixas | Quando ficam noivas, as mulheres começam logo a pesquisar a oferta de vestidos de noiva e a pensar no que querem. No entanto, aquilo que queremos nem sempre é o que nos fica bem, ou o vestido que gostámos na imagem não é tão bonito ao vivo. Por outro lado, há casos que não sabem o que querem e que estão à espera de descobrir quando começam a experimentar vestidos. O ideal é que tenha uma ideia do que gostaria de usar, mas que esteja aberta a outras sugestões. Saiba, pelo menos, responder que tipo de saia prefere, se gosta de renda ou tule, se prefere cai-cai ou com mangas, e deixe a consultora da loja mostrar-lhe as opções.
Foto: D.R.
6 de 10 / Não vá às compras com as opções em aberto nem com as ideias demasiado fixas | Quando ficam noivas, as mulheres começam logo a pesquisar a oferta de vestidos de noiva e a pensar no que querem. No entanto, aquilo que queremos nem sempre é o que nos fica bem, ou o vestido que gostámos na imagem não é tão bonito ao vivo. Por outro lado, há casos que não sabem o que querem e que estão à espera de descobrir quando começam a experimentar vestidos. O ideal é que tenha uma ideia do que gostaria de usar, mas que esteja aberta a outras sugestões. Saiba, pelo menos, responder que tipo de saia prefere, se gosta de renda ou tule, se prefere cai-cai ou com mangas, e deixe a consultora da loja mostrar-lhe as opções. Não vá às compras com as opções em aberto nem com as ideias demasiado fixas | Quando ficam noivas, as mulheres começam logo a pesquisar a oferta de vestidos de noiva e a pensar no que querem. No entanto, aquilo que queremos nem sempre é o que nos fica bem, ou o vestido que gostámos na imagem não é tão bonito ao vivo. Por outro lado, há casos que não sabem o que querem e que estão à espera de descobrir quando começam a experimentar vestidos. O ideal é que tenha uma ideia do que gostaria de usar, mas que esteja aberta a outras sugestões. Saiba, pelo menos, responder que tipo de saia prefere, se gosta de renda ou tule, se prefere cai-cai ou com mangas, e deixe a consultora da loja mostrar-lhe as opções.
Escolha um vestido que se enquadre no resto do casamento | Na hora de escolher o vestido, tenha atenção ao local do casamento e à época do ano. Por exemplo, se vai casar na praia ou no campo, o ideal poderá ser um vestido fluído, enquanto que se casar numa igreja, pode optar por uma cauda longa e uma saia volumosa.
Foto: D.R.
7 de 10 / Escolha um vestido que se enquadre no resto do casamento | Na hora de escolher o vestido, tenha atenção ao local do casamento e à época do ano. Por exemplo, se vai casar na praia ou no campo, o ideal poderá ser um vestido fluído, enquanto que se casar numa igreja, pode optar por uma cauda longa e uma saia volumosa. Escolha um vestido que se enquadre no resto do casamento | Na hora de escolher o vestido, tenha atenção ao local do casamento e à época do ano. Por exemplo, se vai casar na praia ou no campo, o ideal poderá ser um vestido fluído, enquanto que se casar numa igreja, pode optar por uma cauda longa e uma saia volumosa.
Os custom dresses não são para todas as noivas | Todas as noivas se querem sentir únicas e especiais no dia do seu casamento. Algumas optam até por ter um vestido feito à medida e personalizado. No entanto, esta não é uma opção para todas, pois implica muitas fases e muitas decisões. É necessário que se escolha um designer que vá de encontro à estética que pretende. Escolhido o designer, é hora de acertar o orçamento para o vestido, e depois são feitos esboços do que se pretende, é escolhido o tecido e ornamentos, e após várias sessões de desenho e medidas, o vestido está terminado. Todo este processo é longo e repetitivo, pelo que é necessária uma boa dose de paciência e visão. Se é indecisa, não consegue lidar com a incerteza e com a pressão de só ver o vestido finalizado passadas muitas semanas, talvez esta não seja uma boa opção para si.
Foto: D.R.
8 de 10 / Os custom dresses não são para todas as noivas | Todas as noivas se querem sentir únicas e especiais no dia do seu casamento. Algumas optam até por ter um vestido feito à medida e personalizado. No entanto, esta não é uma opção para todas, pois implica muitas fases e muitas decisões. É necessário que se escolha um designer que vá de encontro à estética que pretende. Escolhido o designer, é hora de acertar o orçamento para o vestido, e depois são feitos esboços do que se pretende, é escolhido o tecido e ornamentos, e após várias sessões de desenho e medidas, o vestido está terminado. Todo este processo é longo e repetitivo, pelo que é necessária uma boa dose de paciência e visão. Se é indecisa, não consegue lidar com a incerteza e com a pressão de só ver o vestido finalizado passadas muitas semanas, talvez esta não seja uma boa opção para si. Os custom dresses não são para todas as noivas | Todas as noivas se querem sentir únicas e especiais no dia do seu casamento. Algumas optam até por ter um vestido feito à medida e personalizado. No entanto, esta não é uma opção para todas, pois implica muitas fases e muitas decisões. É necessário que se escolha um designer que vá de encontro à estética que pretende. Escolhido o designer, é hora de acertar o orçamento para o vestido, e depois são feitos esboços do que se pretende, é escolhido o tecido e ornamentos, e após várias sessões de desenho e medidas, o vestido está terminado. Todo este processo é longo e repetitivo, pelo que é necessária uma boa dose de paciência e visão. Se é indecisa, não consegue lidar com a incerteza e com a pressão de só ver o vestido finalizado passadas muitas semanas, talvez esta não seja uma boa opção para si.
Não compre logo todos os acessórios | Quando na loja de noivas está prestes a tomar uma decisão relativamente ao vestido, a consultora vai buscar o véu e outros acessórios para completar o bridal look, e que a ajudam a decidir se é assim que quer parecer no dia do seu casamento. No entanto, não tem de comprar esses mesmos acessórios, pois por vezes há outras opções que seriam mais adequadas ao modelo do vestido e aquelas são apenas sugestões. Opte então por ver com calma quais as opções que há no mercado e o que se adapta melhor ao seu vestido e estilo de casamento, antes de tomar a decisão de comprar.
Foto: D.R.
9 de 10 / Não compre logo todos os acessórios | Quando na loja de noivas está prestes a tomar uma decisão relativamente ao vestido, a consultora vai buscar o véu e outros acessórios para completar o bridal look, e que a ajudam a decidir se é assim que quer parecer no dia do seu casamento. No entanto, não tem de comprar esses mesmos acessórios, pois por vezes há outras opções que seriam mais adequadas ao modelo do vestido e aquelas são apenas sugestões. Opte então por ver com calma quais as opções que há no mercado e o que se adapta melhor ao seu vestido e estilo de casamento, antes de tomar a decisão de comprar. Não compre logo todos os acessórios | Quando na loja de noivas está prestes a tomar uma decisão relativamente ao vestido, a consultora vai buscar o véu e outros acessórios para completar o bridal look, e que a ajudam a decidir se é assim que quer parecer no dia do seu casamento. No entanto, não tem de comprar esses mesmos acessórios, pois por vezes há outras opções que seriam mais adequadas ao modelo do vestido e aquelas são apenas sugestões. Opte então por ver com calma quais as opções que há no mercado e o que se adapta melhor ao seu vestido e estilo de casamento, antes de tomar a decisão de comprar.
Não experimente demasiados vestidos | Recapitulando alguns dos conselhos anteriores: tenha uma ideia do que quer, mas tenha mente aberta, não experimente vestidos fora do seu orçamento, escolha o vestido consoante o tema do casamento e local da cerimónia e, por fim, não experimente dezenas de vestidos, pois quantos mais experimentar, mais dúvidas vai ter. Primeiro porque já não se vai lembrar de metade dos modelos que provou, depois porque começa a duvidar do estilo de vestido que tinha idealizado para si e fica confusa com a quantidade de opções. Existe também a expetativa enorme de que, quando se veste “o tal”, é uma alegria imensa, com muitas lágrimas e todo um momento incrível que depois, na realidade, pode não acontecer de forma tão forte. Essa expetativa leva a que muitas noivas experimentem vestido atrás de vestido, acreditando que o melhor ainda estará para vir e na esperança de também elas viverem o tal momento de emoção. Os momentos felizes não acontecem a todos da mesma forma, pelo que estabeleça um limite, saiba o que quer, não perca o foco e desfrute deste once in a lifetime moment.
Foto: D.R.
10 de 10 Não experimente demasiados vestidos | Recapitulando alguns dos conselhos anteriores: tenha uma ideia do que quer, mas tenha mente aberta, não experimente vestidos fora do seu orçamento, escolha o vestido consoante o tema do casamento e local da cerimónia e, por fim, não experimente dezenas de vestidos, pois quantos mais experimentar, mais dúvidas vai ter. Primeiro porque já não se vai lembrar de metade dos modelos que provou, depois porque começa a duvidar do estilo de vestido que tinha idealizado para si e fica confusa com a quantidade de opções. Existe também a expetativa enorme de que, quando se veste “o tal”, é uma alegria imensa, com muitas lágrimas e todo um momento incrível que depois, na realidade, pode não acontecer de forma tão forte. Essa expetativa leva a que muitas noivas experimentem vestido atrás de vestido, acreditando que o melhor ainda estará para vir e na esperança de também elas viverem o tal momento de emoção. Os momentos felizes não acontecem a todos da mesma forma, pelo que estabeleça um limite, saiba o que quer, não perca o foco e desfrute deste once in a lifetime moment.
Saiba mais casamento, vestido de noiva, noiva
Relacionadas
Mais Lidas
Celebridades O outro lado de Joana Aguiar

Atriz, estudante de gestão e modelo, Joana Aguiar dá cartas na televisão e no cinema portugueses. Por aqui, mostra um lado mais camaleónico que tanto aprecia na profissão, e uma atitude edgy que não se disfarça: ou se tem, ou não se tem.