Moda / Shopping

Ainda é possível ajudar os coalas afetados pelos incêndios na Austrália

Desde comprar um sabonete até adotar um coala, os donativos ajudam no pagamento de tratamentos médicos dos animais feridos. Estima-se que já tenham morrido mais de oito mil só desta espécie.

06 de fevereiro de 2020 | Aline Fernandez

Ao longo dos últimos meses, a Austrália foi atingida por fogos devastadores que colocaram em perigo todo o conjunto de fauna e flora daquela região. Cerca de 80% da área classificada como Património Mundial foi ardida, mas apesar de toda a destruição causada, biólogos e investigadores acreditam que há esperança no resgate dos animais sobreviventes.

Numa altura em que os incêndios acalmaram chegou a hora de agir pela salvaguarda dos animais feridos, tendo consciência de que é fundamental que os apoios continuem a chegar. Saiba como pode ajudar na sua região:

Comprar um sabonete

Sabonete All the Wild Things, €6, Lush
Sabonete All the Wild Things, €6, Lush

O sabonete All the Wild Things (€6) está à venda nas lojas físicas e online da Lush para apoiar esta emergência o mais rápido possível. As receitas da venda irão para o Bush Animal Fund, um novo fundo que apoiará associações locais dedicadas ao bem-estar animal e à recuperação de habitats na Austrália. O sabonete em forma de coala é uma edição limitada, feito com eucalipto, erva-limão e hortelã-pimenta.

Jantar fora

A pizzaria Mercantina juntou-se à campanha de solidariedade global para fazer frente aos efeitos devastadores dos incêndios na Austrália e adotou um coala, o Paul, que foi o primeiro a ser acolhido pelo Koala Hospital, depois de ter sido salvo dos fogos. Em Lisboa, os restaurantes da marca – Mercantina Alvalade (Praça Alvalade 6B lojas 9 e 10), Mercantina Chiado (R. da Misericórdia 114) e Bistro 37 (Av. da República 37) – estão a promover uma recolha de fundos com o objetivo de fazer uma doação a este hospital, localizado em Port Macquarie, Nova Gales do Sul, Aistrália, a fim de ajudar outros coalas acolhidos nesta ONG, que faz parte da Sociedade Australiana de Preservação dos Coalas. É possível contribuir até ao final do mês de março. Os animais salvos estão a ser reabilitados até recuperarem as plenas capacidades de locomoção, e depois serão reintroduzidos no seu habitat natural.

O coala Paul, adotado pelo Mercantina
O coala Paul, adotado pelo Mercantina

Doar diretamente uma quantia

Através de algumas entidades e instituições é possível fazer doações diretas online, como no caso da World Wide Fund for Nature, do Serviço de Incêndios Rurais, força constituída principalmente por bombeiros voluntários, da Cruz Vermelha australiana, que também ajuda nas evacuações e na prestação dos cuidados médicos necessários e do Koala Hospital, entre outras.

Depois de ajudar, celebrar a vida

O Jardim Zoológico de Lisboa comunicou esta quarta-feira, dia 5 de fevereiro, o nascimento de uma cria de coala, no âmbito do programa de reprodução da espécie – que permite à instituição participar ativamente na conservação das espécies, para uma possível reintrodução ou para a salvaguarda das mesmas em caso de catástrofes ambientais, exatamente como a que observamos este ano.

A nova cria de coala do Jardim Zoológico de Lisboa
A nova cria de coala do Jardim Zoológico de Lisboa Foto: Nuno Branco | Jardim Zoológico de Lisboa

Nascida a 25 de julho de 2019, a pequena coala com menos de 20 milimetros de comprimento e 0,5 gramas de peso migrou para a bolsa marsupial da sua progenitora – e por lá permaneceu durante quase sete meses. Dia 5 deste mês, foi possível observá-la no colo da mãe.

Também é possível ir ao Jardim Zoológico para contribuir com uma doação à Austrália. O valor angariado pelos mealheiros será utilizado de imediato no resgate e recuperação da flora e fauna australiana. Há três mealheiros espalhados pelo zoo, estando agora um deles localizado na loja, na zona de acesso livre.

Saiba mais Coala, Austrália, doação, ajuda, koala, Lush, Mercantina, Jardim Zoológico, Lisboa, zoo, WWF, Cruz Vermelha, bombeiros, Koala Hospital
Relacionadas
Mais Lidas
Realeza As amantes da vida de Juan Carlos

Num momento de especulação sobre o seu paradeiro, e após informar a casa real espanhola do seu afastamento, voltam a surgir as histórias da vida de um rei que nunca gostou de ser discreto.