Celebridades

Demi Lovato revela que foi violada aos 15 anos por um colega ator

A cantora tem feito várias revelações chocantes no documentário que narra a sua vida, marcada por episódios relacionados com a saúde. O alegado crime pode ter sido cometido por uma personalidade conhecida de todos.

A carregar o vídeo ...
17 de março de 2021 | Rita Silva Avelar

As revelações foram feitas por Demi Lovato no documentário Dancing with the Devil, que se divide em quatro partes. Depois de ter contado como foi vítima de uma overdose que a levou a um AVC, Lovato revelou que perdeu a virgindade aos 15 anos, numa violação.

"Perdi a minha virgindade numa violação… Estávamos a curtir, mas eu disse ‘Hey, isto não vai avançar mais, sou virgem e não quero que isto aconteça desta forma’", sem revelar o nome do alegado violador, mas dando uma pista, ao dizer: "alguém me fez isto, e nunca se meteu em sarilhos por causa disso. Nunca foi retirado do filme em que estava". Ou seja, a pessoa em questão terá sido alguém com quem Lovato contracenou ou trabalhou na altura em que protagonizava séries da Disney e era uma jovem adolescente.

Em entrevistas e agora no novo documentário sobre a sua vida e carreira Demi Lovato tem falado abertamente sobre os seus problemas de saúde e de adição a drogas e álcool (começou por exemplo a consumir cocaína aos 17 anos). A cantora já revelou que sofreu três AVC e um ataque cardíaco na sequência de uma overdose, que na altura foi publicamente conhecida, em julho de 2018, e que a levou a ser internada de urgência num hospital em Los Angeles. 
"Os médicos disseram que eu tinha mais cinco a dez minutos [de vida]" disse, no primeiro teaser do documentário, que estreia no Youtube a 23 de março.

Leia também
Saiba mais Demi Lovato, Documentário, Violação, Disney, Música, Canção, Estrelas, Ator
Mais Lidas