Celebridades

De modelo a duquesa. Naty Abascal, a eterna musa dos designers

O guarda-roupa de uma das sevilhanas mais conhecidas da Moda está em destaque num novo livro da Rizzoli. Uma relíquia com mais de 300 fotografias que atravessam décadas de estilo.

Foto: Barbados Islands, 1982 / Arquivo de Naty Abascal
06 de abril de 2021 | Rita Silva Avelar

Se existe uma mulher que sabe o segredo para envelhecer de forma irrepreensível, é Naty Abascal, musa, modelo, designer, escritora, socialite e em tempos duquesa. Aos 77 anos, a espanhola que inspirou criadores de moda como Oscar de la Renta, Cristóbal Balenciaga, Yves Saint Laurent ou Valentino, e outros tantos designers ao longo de muitas décadas, vê o seu maravilhoso guarda-roupa imortalizado em fotografias, num novo livro editado pela Rizzoli. "Naty Abascal - The eternal muse inspiring fashion designers", um livro para admirar e guardar, conta com mais de 300 fotografias e textos de Suzy Menkes, Mario Testino, Christian Lacroix, Valentino Garavani, Verónica Etro e Vicente Gallart.

Exposição no Museu Jumex na Cidade do México.
Exposição no Museu Jumex na Cidade do México. Foto: Ramiro Chaves
"Naty Abascal - The eternal muse inspiring fashion designers”, Foto: Rizzoli

O livro é um resultado gráfico de Naty Abascal and Fashion!, uma exposição do seu guarda-roupa pessoal de alta-costura no Museu Jumex, na Cidade do México, patente entre novembro de 2019 a janeiro de 2020. Nestas páginas, revêm-se estas e outras peças usadas por Naty Abascal, considerada uma das mulheres mais elegantes do mundo, tanto que os designers competiam para a vestir, criando peças únicas especialmente para ela.

Naty Abascal.
Naty Abascal. Foto: Courtesy ©The Norman Parkinson Archive/Iconic Images
Leia também

Neta de um importante Marquês espanhol, Natividad Abascal y Romero-Toro cresceu numa família de 12 irmãos, e tem uma irmã gémea, Ana María. Filha de um advogado e produtor de azeite abastado, Domingo Abascal y Fernández, e de María Natividad Romero-Toro y Noriega, a primeira mulher a abrir uma boutique em Sevilha. Nascida a 2 de abril 1943 em Sevilha, foi descoberta aos 21 anos pelo designer espanhol Elio Berhanyer, que lhe pediu para ser modelo com a sua irmã Ana Maria em Nova Iorque, durante a Expo 1964.

Naty Abascal com Oscar de La Renta, de quem foi amiga até à data da sua morte.
Naty Abascal com Oscar de La Renta, de quem foi amiga até à data da sua morte. Foto: Arquivo de Naty Abascal

Nesse mesmo ano, Richard Avedon levou as irmãs para o centro da moda, convidando-as para um editorial em Ibiza, para a revista Harper’s Bazaar. Casou duas vezes: em 1971, com o empresário Murray Livingston Smith, que conheceu numa loja Cartier em Nova Iorque, e em 1977, com Rafael de Medina y Fernández de Córdoba, Duque de Feria, com quem teve dois filhos, Rafael e Luis.

No Instagram, define-se como consultora de moda. Os amigos e a imprensa, tanto a espanhola como a internacional, caracterizam-na como um ícone de estilo intemporal, e uma personalidade exuberante, que faz com que todos os olhos estejam virados para ela, onde quer que esteja. Ou, como escreve a revista ¡HOLA!, "uma das mulheres mais elegantes do nosso país".

Leia também
Saiba mais María Natividad Romero-Toro, Naty Abascal, Valentino Garavani, Renta, Oscar, The, Rizzoli, Suzy Menkes, Mario Testino, Nova Iorque, Christian Lacroix, Verónica Etro
Mais Lidas