Celebridades

De modelo a duquesa. Naty Abascal, a eterna musa dos designers

O guarda-roupa de uma das sevilhanas mais conhecidas da Moda está em destaque num novo livro da Rizzoli. Uma relíquia com mais de 300 fotografias que atravessam décadas de estilo.

Foto: Barbados Islands, 1982 / Arquivo de Naty Abascal
06 de abril de 2021 | Rita Silva Avelar

Se existe uma mulher que sabe o segredo para envelhecer de forma irrepreensível, é Naty Abascal, musa, modelo, designer, escritora, socialite e em tempos duquesa. Aos 77 anos, a espanhola que inspirou criadores de moda como Oscar de la Renta, Cristóbal Balenciaga, Yves Saint Laurent ou Valentino, e outros tantos designers ao longo de muitas décadas, vê o seu maravilhoso guarda-roupa imortalizado em fotografias, num novo livro editado pela Rizzoli. "Naty Abascal - The eternal muse inspiring fashion designers", um livro para admirar e guardar, conta com mais de 300 fotografias e textos de Suzy Menkes, Mario Testino, Christian Lacroix, Valentino Garavani, Verónica Etro e Vicente Gallart.

Exposição no Museu Jumex na Cidade do México.
Exposição no Museu Jumex na Cidade do México. Foto: Ramiro Chaves
"Naty Abascal - The eternal muse inspiring fashion designers”, Foto: Rizzoli

O livro é um resultado gráfico de Naty Abascal and Fashion!, uma exposição do seu guarda-roupa pessoal de alta-costura no Museu Jumex, na Cidade do México, patente entre novembro de 2019 a janeiro de 2020. Nestas páginas, revêm-se estas e outras peças usadas por Naty Abascal, considerada uma das mulheres mais elegantes do mundo, tanto que os designers competiam para a vestir, criando peças únicas especialmente para ela.

Naty Abascal.
Naty Abascal. Foto: Courtesy ©The Norman Parkinson Archive/Iconic Images
Leia também

Neta de um importante Marquês espanhol, Natividad Abascal y Romero-Toro cresceu numa família de 12 irmãos, e tem uma irmã gémea, Ana María. Filha de um advogado e produtor de azeite abastado, Domingo Abascal y Fernández, e de María Natividad Romero-Toro y Noriega, a primeira mulher a abrir uma boutique em Sevilha. Nascida a 2 de abril 1943 em Sevilha, foi descoberta aos 21 anos pelo designer espanhol Elio Berhanyer, que lhe pediu para ser modelo com a sua irmã Ana Maria em Nova Iorque, durante a Expo 1964.

Naty Abascal com Oscar de La Renta, de quem foi amiga até à data da sua morte.
Naty Abascal com Oscar de La Renta, de quem foi amiga até à data da sua morte. Foto: Arquivo de Naty Abascal

Nesse mesmo ano, Richard Avedon levou as irmãs para o centro da moda, convidando-as para um editorial em Ibiza, para a revista Harper’s Bazaar. Casou duas vezes: em 1971, com o empresário Murray Livingston Smith, que conheceu numa loja Cartier em Nova Iorque, e em 1977, com Rafael de Medina y Fernández de Córdoba, Duque de Feria, com quem teve dois filhos, Rafael e Luis.

No Instagram, define-se como consultora de moda. Os amigos e a imprensa, tanto a espanhola como a internacional, caracterizam-na como um ícone de estilo intemporal, e uma personalidade exuberante, que faz com que todos os olhos estejam virados para ela, onde quer que esteja. Ou, como escreve a revista ¡HOLA!, "uma das mulheres mais elegantes do nosso país".

Leia também
Saiba mais María Natividad Romero-Toro, Naty Abascal, Valentino Garavani, Renta, Oscar, The, Rizzoli, Suzy Menkes, Mario Testino, Nova Iorque, Christian Lacroix, Verónica Etro
Mais Lidas
Televisão Halston, o homem que inventou a moda americana

Foi o rei da Nova Iorque dos anos 70, quando mulheres como Jackie Kennedy ou Bianca Jagger não dispensavam as suas criações, tão minimalistas como sensuais. Halston inspirou uma minissérie da Netflix, com Ewan McGregor no principal papel.