Beleza / Wellness

É verdade que se faz mais sexo no inverno? Este e outros mitos sobre sexualidade e sazonalidade

Joana Lima Silva, ginecologista e sexóloga no Hospital Lusíadas Porto, responde a esta e outras perguntas sobre o tema. O que será mito e o que será verdade?

Foto: Unsplash
05 de dezembro de 2022 Rita Silva Avelar

A sexualidade é um domínio controverso, amplo, que associamos a todos os mitos e mais alguns. Sim, ainda há desinformação a fazer ruído até nas questões mais românticas associadas ao sexo, mas também há temas que despertam apenas pura curiosidade. Joana Lima Silva, ginecologista e sexóloga no Hospital Lusíadas Porto, responde a cinco perguntas.

É verdade que se faz mais sexo no inverno? Ou é um mito, e o verão é a estação em que tudo acontece?

Cada estação do ano tem características muito próprias, que alteram no nossos hábitos do dia-a-dia, a forma como nos vestimos, o que fazemos para nos divertirmos e, claro, a nossa vida sexual! Podemos encontrar muitas opiniões diferentes em relação a este tema, mas, mais unanimemente recordamos o verão como período de novos amores, novas paixões, envolvimentos íntimos e encontros sexuais. Efetivamente, os dias longos e quentes de verão promovem a descontração, a disponibilidade para a diversão, para encontros mais despreocupados, mais espontâneos, mais casuais. O sol e o calor promovem a libertação de substâncias que potenciam o bem-estar, confiança e felicidade - com repercussão, claro, na intimidade. São, contudo, muitas vezes relacionamentos curtos, sem compromisso ou desejo de continuidade - os famosos "amores de verão". Por outro lado, as baixas temperaturas do inverno podem desencorajar os corpos mais susceptíveis ao frio, que aliadas à rotina e ao trabalho, fazem com que a intimidade nesta estação possa esmorecer.

Joana Lima Silva, ginecologista e sexóloga no Hospital Lusíadas Porto.
Joana Lima Silva, ginecologista e sexóloga no Hospital Lusíadas Porto. Foto: DR



Qual é a ligação entre a duração do sol, no inverno, e a produção de substâncias como a serotonina?

Os dias mais curtos e mais escuros reduzem a produção de serotonina, com repercussão no bem-estar e desejo sexual. Por outro lado somos mais sedentários, comemos mais, convivemos menos nos meses mais frios, o que também contribui para a tendência ao declínio da vida sexual no inverno. Mas, sabendo de tudo isto, temos de investir na nossa criatividade para contornar a situação e investir na intimidade e no prazer!

Em que estação do ano nascem mais bebés? 

O pico de nascimentos em Portugal nos últimos anos é o mês de setembro - se recuarmos nove meses, chegamos a dezembro como mês da concepção. Há várias tentativas de explicação desta sazonalidade, incluindo o facto de dezembro ser o mês do Natal, um mês com mais férias e lazer e, portanto, mais descontração e oportunidade para a intimidade. Nalguns casais, que estão separados por motivos profissionais, é também uma das alturas em que estão mais tempo juntos. A quadra natalícia e a expetativa associada ao ano novo são também potenciais fatores que promovem a tomada de decisões, como a decisão de ter um bebé. Assim, embora o verão seja a estação mais associada a uma vida sexual mais ativa, é no inverno que muitos casais decidem ser a altura para serem pais.

Quais são as tendências de crise no casal durante a estação fria? Diferem para as do verão?

Não há evidência que mostre diferenças entre as dificuldades sentidas pelos casais no verão ou inverno - diria que são transversais às estações do ano.

Como manter o romantismo no tempo frio, de um modo geral?

Independentemente da estação, há sempre forma de tirar o melhor partido de cada época do ano e divertir-se! Relaxar em casa, aquecer o ambiente e, desfrutar um do outro...O casal não pode deixar-se intimidar pelo frio, sendo fundamental manter os encontros românticos, a intimidade, o prazer - mesmo que para isso possam ter de explorar a imaginação! O frio não deve ser encarado como um obstáculo do prazer - o homem e a mulher podem alcançá-lo de múltiplas formas, com mais ou menos roupa. Nunca esquecendo que o sexo tem benefícios para o corpo e para a mente, independentemente da temperatura lá fora.

Saiba mais
Beleza, Discussão, Sexualidade, Ginecologia, Sexo, Inverno, Sazonalidade
As Mais Lidas