Beleza / Tendências

The Body Shop e Dove unem forças contra a crueldade animal

Há anos que a testagem de cosméticos em animais é proibida, bem como a sua comercialização na União Europeia. Porém, os esforços alcançados até agora podem ser em vão se os novos requerimentos da Agência Europeia de Produtos Químicos prevalecerem.

Grafiti da Iniciativa de Cidadania Europeia num prédio em Paris, França.
Grafiti da Iniciativa de Cidadania Europeia num prédio em Paris, França. Foto: The Body Shop
01 de setembro de 2021 | Ana Damião

O primeiro passo em direção a uma Europa cruelty free foi dado em 2004 quando a União Europeia baniu os testes em animais para produtos de cosmética acabados, e desde aí que o progresso tem sido constante. Desde 2018 que o Parlamento Europeu tem vindo a defender a proibição global destes testes até 2023, mas agora a Agência Europeia de Produtos Químicos (ECHA) quer reaver a testagem para ingredientes que já são usados pelos consumidores e manuseados em fábricas de forma segura há muito tempo.

Para impedir tal acontecimento, a The Body Shop e a Dove juntaram-se a várias organizações de proteção de animais, como a PETA e a Cruelty Free Europe, numa Iniciativa de Cidadania Europeia, um mecanismo que permite a proposta de novas leis à Comissão Europeia.

O objetivo? Conseguir um milhão de assinaturas  para salvaguardar a cosmética livre da crueldade animal, após levantadas ameaças à proibição de testes em animais para fins cosméticos, já imposta pela União Europeia.

De acordo com as organizações que criaram a Iniciativa, este tipo de testagem já não é necessária para garantir produtos seguros uma vez que existem alternativas científicas.

Leia também

"Hoje, apelamos à UE, que alberga o maior mercado de cosmética a nível mundial, que mantenha a sua promessa revolucionária. Estamos orgulhosos de colaborar com a Dove e de falar numa só voz, juntamente com todos aqueles que lutam pelo fim global dos testes em animais para fins cosméticos, apoiando esta Iniciativa de Cidadania Europeia", afirma Christopher Davis, diretor de ativismo da The Body Shop Internacional.

Desde os anos 80 que a marca luta contra a testagem animal na indústria e defende alternativas humanas a esta. Já a Dove proíbe a prática desde 2018, em todos os países onde vende os seus produtos.

"Na Dove, lutamos apaixonadamente contra a crueldade animal", declara Firdaous El Honsali, diretor de comunicação global e de sustentabilidade da marca.

Além disso, diversos inquéritos mostram que três quartos dos cidadãos da União Europeia pensam que tais testes são inaceitáveis em todas as circunstâncias, sendo que 70% apoia ainda um plano progressivo para a sua eliminação totalA Iniciativa de Cidadania Europeia pode ser assinada aqui

Leia também
Saiba mais The Body Shop, Dove, Agência Europeia de Produtos Químicos, União Europeia, Iniciativa de Cidadania Europeia, cosmética, testes em animais, petição, cruelty free, PETA
Mais Lidas