Tendências

O falso império e a verdade sobre a marca de Kylie Jenner

A revista Forbes retirou Kylie Jenner da sua lista de bilionários e alega que talvez ela nunca o tenha sido. A verdade pode ser dura, para aqueles que admiravam o sucesso da marca de maquilhagem da mais nova das irmãs Kardashians.
Por Rita Silva Avelar, 01.06.2020

Tal como as irmãs, também Kylie Jenner se tornou conhecida no reality show americano Keeping Up with the Kardashians, transmitido pelo canal E!. Como apenas 19 anos, Kylie fundou e criou a marca Kylie Cosmetics, que se tornou um sucesso entre o público mais novo num ápice. Tudo corria bem para Kylie, hoje com 22 anos - inclusive constava na lista dos mais jovens bilionários do mundo segundo a Forbes. Mas a marca de maquilhagem que a mais jovem das irmãs Kardashian ergueu parece estar a desmoronar-se, depois de uma investigação revelada pela revista Forbes apontar algumas verdades escondidas e, vejamos, inconvenientes. 

Kylie Jenner vendeu 51% da sua marca de cosmética, Kylie Cosmetics, ao grupo Coty por 600 milhões de dólares. Segundo o artigo Inside Kylie Jenner's Web Of Lies - And Why She's No Longer a Billionaire, a mais nova das Kardashians vendeu metade da sua empresa no início deste ano, num negócio cujo contrato revelou que Jenner tem vindo a aumentar a dimensão e o sucesso do seu império. E que o tem feito sistematicamente ao longo dos anos. "O negócio da Kylie é significativamente mais pequeno, e menos rentável, do que a família passou anos a levar a indústria cosmética e os meios de comunicação social, incluindo a Forbes, a acreditar" escreve a revista, depois de ter acesso a mais informações sobre o contrato com a Coty. 

Khloé, Kim, Kylie, Kourtney, Kendall e Kris
© Instagram @kimkardashian
Kris Jenner
© Instagram @krisjenner
Kourtney Kardashian
© Instagram @kourtneykardash
Reign Aston Disick (5 anos), Kourtney Kardashian (40 anos), Penelope Scotland Disick (5 anos) e Mason Dash Disick (10 anos)
© Instagram @kourtneykardash
Kim Kardashian
© Instagram @kimkardashian
Chicago West (2 anos), Kanye West (42 anos), North West (6 anos), Saint West (4 anos), Kim Kardashian (39 anos) e Psalm West (9 meses)
© Instagram @kimkardashian
Khloé Kardashian
© Instagram @khloekardashian
Khloé Kardashian (35 anos) e True Thompson (1 ano)
© Instagram @khloekardashian
Kendall Jenner (24 anos)
© Instagram @kendalljenner
Kylie Jenner
© Instagram @kyliejenner
Stormi Webster (2 anos) e Kylie Jenner (22 anos)
© Instagram @kyliejenner
As irmãs Kardashian-Jenner
© Instagram @khloekardashian
Khloé, Kim, Kylie, Kourtney, Kendall e Kris
Kris Jenner
Kourtney Kardashian
Reign Aston Disick (5 anos), Kourtney Kardashian (40 anos), Penelope Scotland Disick (5 anos) e Mason Dash Disick (10 anos)
Kim Kardashian
Chicago West (2 anos), Kanye West (42 anos), North West (6 anos), Saint West (4 anos), Kim Kardashian (39 anos) e Psalm West (9 meses)
Khloé Kardashian
Khloé Kardashian (35 anos) e True Thompson (1 ano)
Kendall Jenner (24 anos)
Kylie Jenner
Stormi Webster (2 anos) e Kylie Jenner (22 anos)
As irmãs Kardashian-Jenner
Khloé, Kim, Kylie, Kourtney, Kendall e Kris
A família mais influente da década

 

A Forbes americana traça um perfil de todas as informações que lhe foram fornecidas, seja pelo clã Kardashian-Jenner, pelos dados fornecidos pela indústria e pelas taxas e impostos revelados, desde a fundação da Kylie Cosmetics até à atualidade. Entre as mentiras, a mais grave aconteceu em 2018, data em que alegou que a marca de Kylie havia faturado 360 milhões de dólares (o que representou um aumento de 7% nas vendas) nesse ano, em vez dos 125 milhões, a quantia real. A família enganou, assim, o mundo, levando a que Kylie fosse capa da edição de agosto de 2018 da revista. "Aos 20 anos de idade, ela valia 900 milhões de dólares, segundo as nossas estimativas, e em breve tornar-se-ia na bilionária mais jovem de sempre" explica a Forbes.

"Nenhum outro influenciador chegou ao volume ou teve os fãs tão desesperados nem teve a consistência que a Kylie tem tido nos últimos dois anos e meio", terá dito um executivo da plataforma Shopify, que gere a loja online da Kylie, à Forbes, na altura, reforçando a veracidade relativa ao crescimento da marca. "Os dados da empresa de comércio eletrónico Rakuten, que regista um número selecionado de receitas, sugerem que houve um declínio de 62% nas vendas em linha da Kylie entre 2016 e 2018" adianta a Forbes, sobre a explicação para as discrepâncias entre os dados fornecidos e os reais.

Ao longo deste artigo, onde se expõe a veracidade dos factos, a edição americana da revista deixa ainda muito claro que, ao longo dos anos, toda a família Kardashian tem feito um esforço crescente para estar constantemente presente na Forbes e noutras revistas do mesmo segmentos, ambicionando lugares de topo nas listas dos multimilionários. 

Tags: beleza falso império marca de kylie kylie jenner keeping up with the kardashians kardashian kylie cosmetics forbes coty maquilhagem
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!