Atual

Saturno vai ficar retrógrado (e o karma será cobrado)

Terminado mais um ciclo do Mercúrio Retrógrado é a vez do planeta Saturno começar a circular no sentido oposto. Conheça-o e saiba de que forma o movimento pode afetar a sua vida.

15 de abril de 2018 | Pureza Fleming

Andámos a contar os dias para o fim de mais um ciclo do Mercúrio Retrógrado e essa data chegou. Hoje, 15 de abril, o planeta volta, finalmente, à sua rota normal e nós aliviados com isso. Porém, acalmem-se os festejos porque o final dos períodos retrógrados não está para breve. É que o universo, não contente, prepara-se para nos presentear com mais um ciclo de Saturno Retrógrado, a começar já no próximo dia 17, terça-feira.

E a questão que se coloca é: quais são exatamente os efeitos do Saturno Retrógrado?

De acordo com o site Astrology King, Saturno é rei e senhor do karma. Assim, se o movimento retrógrado é uma altura em que o karma é resolvido, o Saturno Retrógrado funcionará como uma espécie de dose dupla de karma. O que isto significa na prática é que iremos pagar o preço pelas nossas ações: se estas foram boas podemos esperar pela recompensa, se más pelo devido castigo. De maneira que atendendo aos nossos comportamentos, o Saturno Retrógrado poderá estar (ou não) a nosso favor.

Mas menos entusiasmo, pessoas do bem. A pesquisadora astrológica Lynn Koiner explica, no seu site, que o Saturno Retrógrado também nos pode fazer sentir inseguros e "incapazes de avaliar, com precisão, o que pode ser realisticamente esperado de qualquer situação". Isto pode levar-nos a concordar com determinadas situações com as quais não deveríamos necessariamente concordar.

"A melhor parte de Saturno é que nos ajuda a desacelerar", explica Koiner. Estaremos aptos a planear melhor os próximos passos e a livrarmo-nos daquilo que não serve, do que nos causa frustração. A astróloga assevera que começar um negócio com o Saturno Retrógrado não é uma boa ideia e que, em acontecendo, será necessário que se dêem muitos passos atrás para se alcançar sucesso no futuro.

Tal como recomendado no Mercúrio Retrógrado, o longo período — o Saturno só deixará de estar retógrado a 6 de setembro — deverá ser aproveitado para se fazer uma busca mais profunda da alma. De se mergulhar bem fundo no 'eu' e tentar entender o que é necessário para se conseguir uma vida mais plena e bem sucedida.

Por mais que queiramos negar a existência de períodos retrógrados, o universo não nos vai permitir que fujamos deles. Estar ciente de que eles estão a acontecer é a melhor forma de evitar levar avante certos planos que possam sair prejudicados pelos astros. Boa sorte!

Saiba mais Mercúrio Retrógrado, Astrology King, Lynn Koiner, Saturno Retrógrado, Astros, Universo
Relacionadas

Está escrito nas estrelas?

Falar da Astrologia como tendência poderá provocar alguns revirares de olhos ou até sonoras gargalhadas. Sim, não há muito de novo no tema, exceto talvez o interesse crescente e porventura mais desassombrado. Rita Lúcio Martins foi averiguar (e, pelo caminho, fez o mapa astral).

Dificuldade em comunicar? A culpa é dos planetas

Quantas vezes nos esforçamos para comunicar uma ideia e ficamos bloqueados? Quantas vezes, por outro lado, a pessoa com quem estamos a falar teima em não entender? E se a culpa estiver para além da nossa capacidade comunicativa?

Mais Lidas