Atual

O pai deve assistir ao parto?

"Estou a chegar ao fim do tempo de gestação e gostava de ter o meu marido comigo no momento do parto...mas não sei se é a melhor decisão." É a pergunta de Benedita Q., 33 anos. Conheça a resposta da ginecologista e obstetra Maria do Céu Santo.

Foto: Lucas Mendes / Pexels
22 de agosto de 2020 | Maria do Céu Santo
O dia do parto é o dia de todas as emoções. Apesar de ser um dia intenso e marcante, deve ser vivido pelo casal com algumas precauções. Decisões que parecem simples, como a de o pai assistir ou não ao parto, podem ter consequências na relação do casal. A possibilidade de o pai assistir ou não, é discutível. Se, por um lado, existe consenso em torno da ideia de que o pai deve ir à ginástica pré-parto e acompanhar a futura mãe nos exames a que é sujeita durante a gravidez, por outro, ficam algumas reticências no que toca ao ver o parto acontecer.

No caso de um parto normal, mesmo ficando o pai ao lado da grávida, o momento é sempre muito pouco sexual. Chega a ser cru e excessivamente biológico aos olhos do parceiro. Pode ser traumático e nocivo para a sexualidade do casal após o parto. Mesmo que fique ao lado da mulher, a própria situação de esforço "animal" pode trazer consequências nefastas à sexualidade do casal.

De qualquer modo, este é apenas um alerta pois há muitos pais que fazem questão em assistir e que não se sentem afetados pela situação. No caso de uma cesariana e de o pai assistir a experiência pode ser agradável. A mulher não tem de fazer esforço e pode usufruir, ao lado do parceiro, do momento pelo qual esperaram.
Saiba mais Parto, Gravidez, pré-parto, Grávida, saúde
Relacionadas

Como saber se sofre de depressão pós parto

O que se sente realmente? É tristeza ou é só cansaço? Questiona-se Júlia Pereira, 30 anos. Descubra que sintomas se identificam com este diagnóstico que afeta mais mulheres do que se pensa.

Mais Lidas