Atual

As joias são eternas: 5 exposições com muito brilho

Símbolos de riqueza e documentos históricos, as joias são importantes formas de expressão artística. Neste outono, diferentes coleções de verdadeiros tesouros instalam-se em museus, em exposições únicas.

16 de outubro de 2018 | Carolina Carvalho

Segundo disse Richard Burton, "eu apresentei a Liz à cerveja e ela apresentou-me à Bulgari". O famoso love affair de Elizabeth Taylor com as joias da marca italiana começou em 1962, quando filmava o filme Cleópatra, e foi tão intenso como o seu amor pelo próprio Burton, coprotagonista neste filme e marido duas vezes na vida real. Ele ofereceu-lhe várias joias, entre elas o sautoir com uma grande safira azul, presente do 40.º aniversário celebrado pela diva, em 1972. Esta peça integra a exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels, patente em Moscovo de 7 de setembro a 13 de janeiro de 2019. Esta retrospetiva da casa joalheira divide-se em dois espaços nos Museus do Kremlin – as salas de exposição do Campanário Assumption e do Patriarch’s Palace ? e conta com 400 peças de Alta-Joalharia provenientes da coleção Heritage da marca e de coleções privadas.

Em Washington, o Museu Hillwood apresenta a exposição Fabergé Rediscovered até 13 de janeiro. Esta casa-museu era, desde 1955, a residência na capital americana da herdeira do império Post, a empresária e colecionadora de arte Marjorie Merriweather Post. O seu terceiro marido foi embaixador na União Soviética, facto que a levou a viver na Rússia durante a década de 1930, onde começou uma coleção com mais de 5 mil objetos russos, entre os quais cerca de 90 peças Fabergé e alguns dos icónicos ovos do joalheiro dos Czares. É este o espólio que compõe a exposição, na qual foram incluídas algumas peças do museu.

Para uma abordagem à joalharia mais contemporânea há duas exposições que importa mencionar. O Kunstgewerbemuseum (Museu das Artes Decorativas) de Berlim abre a 13 de outubro a exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior. A mostra reúne cerca de 500 peças da coleção privada de Gisela Wiegert que contam a história da bijutaria de moda entre 1930 e 2007.

O Victoria & Albert Museum, em Londres, apresenta, até 7 de janeiro, Visual Feast, uma exposição de peças de Silvia Weidenbach, uma designer de joias que faz da arte da combinação entre as técnicas tradicionais de ourivesaria e a impressão 3D a chave do seu sucesso.

E, para compreender melhor a origem do fascínio pela joalharia, a exposição Jewelry – The Body Transformed inaugura no Metropolitan Museum, em Nova Iorque, a 12 de novembro, prolongando-se até 24 de fevereiro. A mostra junta 230 peças da coleção do museu acompanhadas por esculturas, pinturas e fotografias que ajudam a entender o que é a joalharia, qual o seu significado e, afinal, porque é que é usada.

As joias de Maria Antonieta vão a leilão

 

No próximo dia 12 de novembro todos os olhares de colecionadores de joias e amantes da realeza vão estar direcionados para Genebra. O leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family,da Sotheby’s, vai colocar à venda dez joias desta família nobre, com laços de sangue com as mais importantes famílias reinantes da Europa. Entre as peças que vão a leilão, encontram-se joias que pertenceram à rainha Maria Antonieta, algumas das quais já não eram vistas em público há mais de 200 anos. Antes do leilão, a coleção vai estar em exposição em sete cidades, entre elas Munique (17 e 18 de outubro), Dubai (7 a 9 de outubro), Nova Iorque (12 a 16 de outubro) e Londres (20 a 22 de outubro).

Pregadeiras e brincos (1959-1969) da Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
1 de 25 Pregadeiras e brincos (1959-1969) da Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
Pulseira Kilim (1988), da Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
2 de 25 Pulseira Kilim (1988), da Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
Colar e brincos Bib (1965), pertenceu à coleção Lyn Revson, atualmente na Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
3 de 25 Colar e brincos Bib (1965), pertenceu à coleção Lyn Revson, atualmente na Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
Coalr com pregadeira (1955/63), da Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
4 de 25 Coalr com pregadeira (1955/63), da Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
Pregadeira Giardinetto (1959), da Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
5 de 25 Pregadeira Giardinetto (1959), da Coleção Bulgari Heritage. Exposição Bulgari. Tribute to Femininity. Magnificent Roman Jewels.
Ovo de Páscoa Catherine The Great, Fabergé, 1914. Exposição Fabergé Rediscovered.
Foto: Alex Braun
6 de 25 Ovo de Páscoa Catherine The Great, Fabergé, 1914. Exposição Fabergé Rediscovered.
Preagdeira com miniaturas de Nicolau II e Alexandra, Fabergé, 1899/1903. Exposição Fabergé Rediscovered.
Foto: Alex Braun
7 de 25 Preagdeira com miniaturas de Nicolau II e Alexandra, Fabergé, 1899/1903. Exposição Fabergé Rediscovered.
Ovo Doze Monogramas, Fabergé, 1896. Exposição Fabergé Rediscovered.
Foto: Alex Braun
8 de 25 Ovo Doze Monogramas, Fabergé, 1896. Exposição Fabergé Rediscovered.
Caixa em forma de folha, Fabergé, 1899/1908. Exposição Fabergé Rediscovered.
Foto: Alex Braun
9 de 25 Caixa em forma de folha, Fabergé, 1899/1908. Exposição Fabergé Rediscovered.
Bloco de notas com miniatura da Imperatriz Alexandra, Fabergé, 1894. Exposição Fabergé Rediscovered.
Foto: Alex Braun
10 de 25 Bloco de notas com miniatura da Imperatriz Alexandra, Fabergé, 1894. Exposição Fabergé Rediscovered.
Colar Chanel, 1960's. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
11 de 25 Colar Chanel, 1960's. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
Colar Cahnel, 1960's. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
12 de 25 Colar Cahnel, 1960's. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
Joias Corocraft, 1939. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
13 de 25 Joias Corocraft, 1939. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
Colar Robert F. Clark, 1968. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
14 de 25 Colar Robert F. Clark, 1968. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
Joias Miriam Haskell, 1940/50. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
15 de 25 Joias Miriam Haskell, 1940/50. Exposição Bijoux-Bijoux! Costume Jewellery from Chanel to Dior.
Colarinho da 12ª dinastia egípcia (cerca de 1850/1775 a.C.). Exposição Jewelry – The Body Transformed.
16 de 25 Colarinho da 12ª dinastia egípcia (cerca de 1850/1775 a.C.). Exposição Jewelry – The Body Transformed.
Brincos em ouro da Grécia Antiga (cerca de 330/300 a.C.). Exposição Jewelry – The Body Transformed.
17 de 25 Brincos em ouro da Grécia Antiga (cerca de 330/300 a.C.). Exposição Jewelry – The Body Transformed.
Pulseiras bizantinas. Exposição Jewelry – The Body Transformed.
18 de 25 Pulseiras bizantinas. Exposição Jewelry – The Body Transformed.
Colar de casamento, final do século XIX, Índia. Exposição Jewelry – The Body Transformed.
19 de 25 Colar de casamento, final do século XIX, Índia. Exposição Jewelry – The Body Transformed.
Sandálias e acessórios para os dedos, Egipto (cerca de 1479/1425 a.C.). Exposição Jewelry – The Body Transformed.
20 de 25 Sandálias e acessórios para os dedos, Egipto (cerca de 1479/1425 a.C.). Exposição Jewelry – The Body Transformed.
Pendente em diamantes com pérola natural. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
21 de 25 Pendente em diamantes com pérola natural. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
Tiara em diamantes da casa joalheira de Viena Köchert, presente de casamento do Imperador Franz Joseph a Marie Anna da Áustria. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
22 de 25 Tiara em diamantes da casa joalheira de Viena Köchert, presente de casamento do Imperador Franz Joseph a Marie Anna da Áustria. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
Conjunto com 95 diamantes, entre eles 5 diamantes solitários que pertenceram à rainha Maria Antonieta. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
23 de 25 Conjunto com 95 diamantes, entre eles 5 diamantes solitários que pertenceram à rainha Maria Antonieta. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
Pregadeira em diamantes. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
24 de 25 Pregadeira em diamantes. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
Pregadeira em diamantes com rubi. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
25 de 25 Pregadeira em diamantes com rubi. Leilão Royal Jewels from the Bourbon-Parma Family, da Sotheby’s.
Saiba mais Exposição, Museu, Moda, Joias, Joalharia, Bulgari, Kremlin, Nova Iorque, Fabergé, Sotheby's, História
Relacionadas

As tiaras que fazem brilhar Letizia e Kate

Os reis de Espanha, Felipe e Letizia, têm visita de estado marcada ao Reino Unido de 12 a 14 de julho. Ainda não se sabe o programa, nem tão-pouco se a rainha e a duquesa de Cambridge se vão encontrar, mas antecipamos a visita passando em revista as tiaras que ambas já usaram no seu “percurso real”.

Três cidades, três perfumes Chanel

Uma viagem exclusiva no Expresso do Oriente transporta-nos até Deauville, na Normandia, onde tudo começou para Gabrielle Chanel. Imersos na aura mística que envolve aquela cidade no norte de França, descobrimos três capítulos da fascinante vida da mulher que também revolucionou a Moda.

Mais Lidas