Celebridades Hollywood era delas

Cem anos antes do movimento #MeToo, o poder em Hollywood pertencia às mulheres. Realizadoras, guionistas e chefes de estúdio eram as mais bem pagas de toda a indústria, e as maiores estrelas. Mary Pickford, Lois Weber ou Frances Marion são hoje nomes quase esquecidos. Mas as vedetas e showrunners da atualidade deveriam lembrar-se deles.

Celebridades Come, bebe e sê feliz!

Há 100 anos iniciava-se a década mais louca e bem-disposta de todo o século XX. Revelava-se o cinema sonoro, dançava-se o charleston, descobria-se o jazz, a cocaína, os cabarés e os prazeres da vida noturna e do sexo sem tabus. A moda feminina mostrava as pernas e muita pele e as mulheres ousavam fumar em público e frequentar cafés. Os loucos anos 20 terminariam, no final da década, com a “queda” da Bolsa de Nova Iorque, mas o mundo e a vida das mulheres não voltaram a ser os mesmos.

Influencers Pernille Teisbaek, da Dinamarca com amor

A Mango homenageia a importância do estilo pessoal na sua campanha de outono, em que três influencers nos conduzem num passeio pelas cidades onde vivem e interpretam a nova coleção da marca espanhola. A dinamarquesa Pernille Teisbaek é uma delas.

+Carregar mais