Tendências

21 tendências do próximo inverno para conhecer já

Os contrastes traçam um novo mapa de estilo para a estação fria. Avizinha-se um outono eclético que desafia preconceitos e traz novas coordenadas com um denominador comum: a feminilidade.
Por Marina Sousa, 13.09.2019

COLOR CRUSH

Couture

Go big or go home é talvez a expressão que melhor serve a tendência que explora a intensidade da cor na sua totalidade e a elegância dos volumes. A atitude é requisito obrigatório, mas é na conjugação do estilo à ocasião, e da ousadia ao bom senso, que reside a fórmula para brilhar como se de alta-costura se tratasse.

Pé de meia

Proteger sem descurar o estilo não só é possível como se revela um exercício estimulante e divertido. Vestir as pernas com cor e/ou estampados promete ser um foco de audácia e de boa disposição, trazendo também a indispensável sofisticação aos dias mais cinzentos.

Código da cor

Da cabeça aos pés, a cor invade todos os guarda-roupas da estação para assegurar que nem só de tons neutros se veste o minimalismo. Um fato de corte clássico, um sobretudo impactante e umas botas de cano alto ? sempre no mesmo tom ? é sinónimo de camadas de elegância pura.

Shake it up

Elevaram a fasquia na estação passada, mas é neste outono que os tons néon e as plumas arrebatam todos os olhares. Detentores de uma personalidade forte, comprovam que a mistura de estilos opostos resulta e causa impacto, sobretudo quando conjugados em movimentos únicos e desconcertantes, mas de uma elegância irrepreensível.  

DARK ROMANCE

Renda-se!

Com o feminino na base de todas as inspirações, também a renda e a lingerie, que há muito deixaram de estar reservadas à noite ou a momentos especiais, marcam forte presença. Delicadas e sensuais, é na versão mais sombria que apaixonam e criam poderosas silhuetas.

Espírito punk

O movimento punk, que agitou a década de 1970, surpreende neste outono, num regresso mais feminino do que nunca. Os apontamentos em pele, que também surge em look total, garantem a dose certa de rebeldia, num estilo que também não dispensa a sedução do bondage e o espírito cool do grunge.

Fight club

As botas fetiche da nova estação gritam ação. De aspeto grosseiro e com solas de impacto, revelam-se sempre apropriadas para o modo ‘todo-o-terreno’, comprovando que até o romantismo só tem a ganhar com esta nova atitude.

Bloom festival

A acompanhar a modernização do feminino, as flores pintam-se de tonalidades escuras e intensas, criando cenários singulares. Sem a delicadeza comum a um estampado bucólico, revelam um novo jardim de inverno cheio de personalidade.

MINIMALISMO

Ready to wear

Menos óbvio mas seguramente mais elegante, o contexto militar que inspirou as últimas estações continua a prestar continência. O estampado camuflado perde expressão dando lugar a tons neutros, as formas simplificam-se – com destaque para os bolsos – e o sentido utilitário permanece intocável.

Supermulher

Do encontro entre a modernidade e o clássico resulta a peça que promete aquecer o outono com sofisticação. Referimo-nos à capa. Carismática, chique e confortável, é na versatilidade que se destaca e conquista, vestindo as super-heroínas urbanas, dia e noite. 

Jogo de cintura

Banalizados pela regularidade com que são utilizados, os cintos também podem elevar a fasquia. Em diferentes materiais e dimensões, nesta estação sobem ao pódio para afinar cinturas e definir silhuetas.

Suit power

Silhuetas andróginas desfilaram o regresso do smoking, em looks compostos por três peças e apontamentos couture, como mangas detalhadas e ombros esculturais, mostrando que a nova estação é, de facto, uma questão de atitude.

Mindset

Um novo olhar sobre os clássicos dá origem a uma nova e mais limpa linguagem de moda. Uma herança que privilegia os cortes, os materiais e as tonalidades, comprovando que é da simplicidade que emergem os novos códigos de estilo adaptáveis a todas as ocasiões.

LADY AFFAIR

Matéria-prima

Modernizado o tweed, a atenção recai agora sobre o regresso do pied-de-poule que domina looks totais e encontra o seu ponto alto no contraste e fusão de estilos: o retro andrógino. Ainda no que respeita aos estampados, destaque para os quadrados que surgem na sua versão mais tradicional ou em diferentes tamanhos, cores e combinações.

On the top

Arrumados os chapéus de palha, é tempo de recuperar aquele que se antevê ser o acessório-estrela da estação, o chapéu cloche. É certo que não servirá todos os estilos e personalidades, mas ainda assim apresenta-se em diferentes formatos e materiais, representando uma tendência que alia proteção e elegância.

La bourgeoise

Em oposição ao lado mais conceptual das últimas estações, são agora os revivalismos que arrecadam todos os aplausos. Pela mão de Hedi Slimane, a moda viaja até à década de 70 para recuparar o estilo burguês e a elegância cool da casa Céline. Balenciga e Burberry seguiram a tendência, desvendando assim o dress code deste outono.

Molduras de estilo

Incontornáveis objetos de desejo, as carteiras voltam a afirmar-se como o remate certeiro de estilo. Sofisticadas, boémias e geométricas, pintam-se de todas as cores, vestem todos os materiais e atribuem aos detalhes a desejada diferença.

GLAM BOOM

Oversize

Reflexo de génio e criatividade, os ombros da estação apresentam-se volumosos e arquitetónicos, cumprindo o propósito de causar impacto. Em casacos longos e minimais, ou em vestidos glamorosos e excêntricos, o estilo dos eighties carrega-se nos ombros com confiança.

Wild club

Diretamente da década de 80 para a nova estação, o glamour e o espírito de diversão noturna alinham-se com arrojo ao novo estampado leopardo. Mais elegante que nunca, garante que todas as ocasiões são certas para brilhar e se fazer notar. Uma declaração de estilo? Um sobretudo estampado.

Tamanho certo

Justificar as proporções da bijutaria nesta estação é algo de dispensável. Assumidamente grande, serve a tendência que prima pela exuberância sem se desviar da direção traçada pela moda neste outono: sofiticação em estado puro. Brilhante ou mate, o tamanho é que conta.

Ideia brilhante

Falar em brilho será o mesmo que evocar a intemporalidade. Metalizados, lantejoulas, ou ambos, voltam a marcar forte presença nas passerelles, reforçando a ideia de que, meteorologia à parte, é essencial brilhar.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!