Celebridades

Veredicto real: rainha Elizabeth II apoia pedido de independência dos Duques de Sussex

Após vários dias de especulação, e no seguimento da decisão comunicada por Harry e Meghan, Duques de Sussex, em querer partir em busca de uma vida financeira independente, e após uma reunião urgente em Sandringham House, Elizabeth II concorda com o período de transição solicitado pelo casal real.

13 de janeiro de 2020 | Rita Silva Avelar
Após várias horas em reunião na sua residência particular no campo, em Sandringham, Norfolk, a Rainha Elizabeth II concordou com o "período de transição" solicitado por Harry e Meghan no passado dia 8 de janeiro. Os Duques de Sussex pediram, numa declaração feita através das suas redes sociais, um ano de transição para um papel mais "independente", livre de certas e determinadas obrigações ligadas às exigências da realeza. Esta decisão não só abalou a realeza britânica como os britânicos, a comunicação social, e o mundo.

Durante a tarde desta segunda-feira, dia 13 de janeiro, a rainha reuniu em Sandringham House com o príncipe Charles, o príncipe William e o príncipe Harry, entre outras entidades formais, de forma a chegarem a um consenso, ainda que não definitivo, em relação a este assunto de cariz urgente. Segundo refere a imprensa britânica, Meghan também esteve presente nesta reunião ainda que de forma telefónica, pois a Duquesa encontra-se no Canadá com o filho Archie, junto dos amigos mais próximos e da família.

View this post on Instagram

A post shared by The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) on


Mas vamos a veredictos. Para já, sabe-se rainha concordou que o príncipe Harry e Meghan dividam o seu tempo entre o Reino Unido e o Canadá, mas que "assuntos complexos" teriam que ser resolvidos nos próximos dias. A monarca ordenou que os planos finais fossem elaborados nos próximos dias, segundo o comunicado emitido pelo Buckingham Palace.

No comunicado, a rainha disse que a família teria preferido que o casal "permanecesse a trabalhar a tempo integral na família real", mas que "respeita e entende o desejo de" príncipe Harry e Meghan "em viver de maneira mais independente." A rainha referiu, ainda, que a família teve "discussões muito construtivas sobre o futuro do meu neto e de sua família" durante a reunião, acrescentando que "apoia inteiramente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida como uma família jovem."

No comunicado, refere que existem ainda "assuntos complexos para a minha família resolver" e que nenhum acordo final foi alcançado, principalmente sobre o desejo de Harry e Meghan de se tornarem "financeiramente independentes". "Há mais trabalho a ser feito, mas pedi que as decisões finais sejam tomadas nos próximos dias", concluiu.
Saiba mais Meghan Markle, Harry, Sussex, Rainha, Comunicado, Realeza Britânica, Meghexit
Relacionadas

Ladies and gentlemen, Miss Meghan Markle!

Sedutora ou impostora? Autoritária ou dinâmica? Estrela ou duquesa? Demasiado Hollywood ou pouco royal?... Só o tempo dirá como Meghan Markle se adaptou ao seu papel de duquesa. Por agora, o presente é um jogo que ora leva Meghan Markle à Glória de um casamento feliz ora a mergulha no Inferno das intrigas em torno da família real.

Mais Lidas