Celebridades

Team Kate vs Team Meghan: 20 manchetes que comparam as duquesas de Cambridge e Sussex

Exemplos de como os media britânicos implicam com a duquesa de Sussex – e que ajudam a perceber o afastamento do príncipe Harry e Meghan Markle da família real.
Por Aline Fernandez, 17.01.2020

Nos últimos anos, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, foi escrutinada e má avaliada pela imprensa (sobretudo) britânica. Contudo, nas mesmas situações ou muito semelhantes, a duquesa de Cambridge, Kate Middleton foi glorificada. Veja na fotogaleria.

Team Meghan vs Team Kate

Desde o casamento com o príncipe Harry, parte dos media tem colocado a ex-atriz contra a sua cunhada. Enquanto nos primeiros anos do namoro de Kate com o príncipe William, esta foi apontada como uma "monótona escaladora social", hoje já não nos lembramos desses adjetivos maldosos porque Middleton é apresentada como o epítome da virtude feminina tradicionalista: é uma respeitável mãe (de três lindas crianças), é silenciosa, sempre discreta e altruísta.

Meghan, por sua vez, é descrita como manipuladora e com consciência política, chamam-lhe "carreirista", difamações que têm criado um paralelo assustador entre as duas duquesas. Sim, estamos em 2020 e a discórdia entre mulheres ainda vende. Já passou a época das comparações Meghan-versus-Kate, principalmente quando se fala cada vez mais e mais abertamente sobre a importância da saúde mental.

Esta má e antiga tradição de regular o comportamento feminino, definindo as mulheres em oposição umas às outras, só prejudica as próprias mulheres. Meghan também é mãe. Ambas têm babysitters e vivem em casas que valem milhões. Kate também tem os seus próprios interesses políticos. Nem tudo o que fazem é uma declaração de interesses, cada uma tem escolhas e gostos pessoais. Se reforçarmos as diferenças entre elas como algo negativo – e não absolutamente comum –, perdemos de vista a família real e a arquitetura da misoginia – que restringem e definem tanto Meghan Markle como Kate Middleton.

O modelo de feminilidade "respeitável" (seja lá o que isso seja no século XXI) na Grã-Bretanha é muito menos aberto a qualquer pessoa estrangeira ou de pele mais escura. Inevitavelmente há quem defenda que qualquer crítica direcionada a Meghan deve ser motivada pelo racismo – tão penetrado na sociedade que se tornou-se um ato inconsciente e nada silencioso. E por isso lemos tantos textos que definem Meghan como uma beleza "exótica".

Sem dúvida e sem excluir esta hipótese, temos que lembrar que a Grã-Bretanha também tem uma longa tradição de considerar as mulheres da realeza com personalidade e voz "inadequadas" – outra lembrança esquecida podem ser os ataques a Diana, que só após a sua morte se tornou numa princesa sem defeitos. Meghan foi apresentada como um símbolo de mudança, era a primeira não-caucasiana entre os elementos "seniores" da família real, uma feminista declarada, divorciada e com uma carreira de sucesso antes do Harry. E as mudanças nem sempre são bem vistas aos olhos dos mais conservadores.

O problema desta guerra criada entre Meghan e Kate é que vende e, por isso, dificilmente terá um cessar-fogo. Ganha quem defende a diversidade e os valores progressistas e também ganha quem exige os valores tradicionais e milenares da família da rainha Isabel II. Até agora, até as comparações de guarda-roupa, estilo de vida e alimentação foram criadas. Quanto tempo mais será preciso para percebermos que todas as mulheres perdem quando as reduzimos a tamanhas banalidades?

Tags: meghan markle kate middleton duquesa sussex cambridge media reino unido príncipe william harry família real realeza
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
1 Comentários
Comentário mais votado
Anónimo Cada uma com a sua personalidade e seu estilo, admiro imenso Meghan, gosto do estilo e independência que a caracteriza e é linda, tem uma beleza exótica e calma, o que faz dela, uma pessoa muito interessante. Desejo as maiorez felicidades e Sucesso, a este casal que teve a coragem de dar um basta na vida que is sufocava e dar uma lição de humildade a todos, ao prescindir das mordomias, etc. que tinha e tem direito
Há 4 semanas
Anónimo Cada uma com a sua personalidade e seu estilo, admiro imenso Meghan, gosto do estilo e independência que a caracteriza e é linda, tem uma beleza exótica e calma, o que faz dela, uma pessoa muito interessante. Desejo as maiorez felicidades e Sucesso, a este casal que teve a coragem de dar um basta na vida que is sufocava e dar uma lição de humildade a todos, ao prescindir das mordomias, etc. que tinha e tem direito
Há 4 semanas
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!