Celebridades

Team Kate vs Team Meghan: 20 manchetes que comparam as duquesas de Cambridge e Sussex

Exemplos de como os media britânicos implicam com a duquesa de Sussex – e que ajudam a perceber o afastamento do príncipe Harry e Meghan Markle da família real.

17 de janeiro de 2020 | Aline Fernandez

Nos últimos anos, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, foi escrutinada e má avaliada pela imprensa (sobretudo) britânica. Contudo, nas mesmas situações ou muito semelhantes, a duquesa de Cambridge, Kate Middleton foi glorificada. Veja na fotogaleria.

Team Meghan vs Team Kate

Desde o casamento com o príncipe Harry, parte dos media tem colocado a ex-atriz contra a sua cunhada. Enquanto nos primeiros anos do namoro de Kate com o príncipe William, esta foi apontada como uma "monótona escaladora social", hoje já não nos lembramos desses adjetivos maldosos porque Middleton é apresentada como o epítome da virtude feminina tradicionalista: é uma respeitável mãe (de três lindas crianças), é silenciosa, sempre discreta e altruísta.

Meghan, por sua vez, é descrita como manipuladora e com consciência política, chamam-lhe "carreirista", difamações que têm criado um paralelo assustador entre as duas duquesas. Sim, estamos em 2020 e a discórdia entre mulheres ainda vende. Já passou a época das comparações Meghan-versus-Kate, principalmente quando se fala cada vez mais e mais abertamente sobre a importância da saúde mental.

Esta má e antiga tradição de regular o comportamento feminino, definindo as mulheres em oposição umas às outras, só prejudica as próprias mulheres. Meghan também é mãe. Ambas têm babysitters e vivem em casas que valem milhões. Kate também tem os seus próprios interesses políticos. Nem tudo o que fazem é uma declaração de interesses, cada uma tem escolhas e gostos pessoais. Se reforçarmos as diferenças entre elas como algo negativo – e não absolutamente comum –, perdemos de vista a família real e a arquitetura da misoginia – que restringem e definem tanto Meghan Markle como Kate Middleton.

O modelo de feminilidade "respeitável" (seja lá o que isso seja no século XXI) na Grã-Bretanha é muito menos aberto a qualquer pessoa estrangeira ou de pele mais escura. Inevitavelmente há quem defenda que qualquer crítica direcionada a Meghan deve ser motivada pelo racismo – tão penetrado na sociedade que se tornou-se um ato inconsciente e nada silencioso. E por isso lemos tantos textos que definem Meghan como uma beleza "exótica".

Sem dúvida e sem excluir esta hipótese, temos que lembrar que a Grã-Bretanha também tem uma longa tradição de considerar as mulheres da realeza com personalidade e voz "inadequadas" – outra lembrança esquecida podem ser os ataques a Diana, que só após a sua morte se tornou numa princesa sem defeitos. Meghan foi apresentada como um símbolo de mudança, era a primeira não-caucasiana entre os elementos "seniores" da família real, uma feminista declarada, divorciada e com uma carreira de sucesso antes do Harry. E as mudanças nem sempre são bem vistas aos olhos dos mais conservadores.

O problema desta guerra criada entre Meghan e Kate é que vende e, por isso, dificilmente terá um cessar-fogo. Ganha quem defende a diversidade e os valores progressistas e também ganha quem exige os valores tradicionais e milenares da família da rainha Isabel II. Até agora, até as comparações de guarda-roupa, estilo de vida e alimentação foram criadas. Quanto tempo mais será preciso para percebermos que todas as mulheres perdem quando as reduzimos a tamanhas banalidades?

Foto: Daily Mail
1 de 10
Foto: Express
2 de 10
Foto: Daily Mail
3 de 10
Foto: Daily Mail
4 de 10
Foto: The Sun
5 de 10
Foto: Daily Mail
6 de 10
Foto: Express
7 de 10
Foto: Daily Mail
8 de 10
Foto: Daily Mirror
9 de 10
Foto: Daily Mail
10 de 10
Saiba mais Meghan Markle, Kate Middleton, duquesa, Sussex, Cambridge, media, Reino Unido, príncipe, William, Harry, família real, realeza
Relacionadas

Ladies and gentlemen, Miss Meghan Markle!

Sedutora ou impostora? Autoritária ou dinâmica? Estrela ou duquesa? Demasiado Hollywood ou pouco royal?... Só o tempo dirá como Meghan Markle se adaptou ao seu papel de duquesa. Por agora, o presente é um jogo que ora leva Meghan Markle à Glória de um casamento feliz ora a mergulha no Inferno das intrigas em torno da família real.

Mais Lidas
Realeza As amantes da vida de Juan Carlos

Num momento de especulação sobre o seu paradeiro, e após informar a casa real espanhola do seu afastamento, voltam a surgir as histórias da vida de um rei que nunca gostou de ser discreto.