Celebridades

Micaela d'Orléans, a princesa que se apaixonou por um homem casado

Natural de França, Micaela foi companheira do Henri d'Orléans, conde de Paris, por mais de trinta anos. Faleceu no domingo passado.

Henri d'Orléans e princesa Micaela em 1985, França
Henri d'Orléans e princesa Micaela em 1985, França Foto: Getty Images
15 de março de 2022 Ana Filipa Damião
Viúva de Henri d'Orléans, conde de Paris e pretendente do trono francês, morreu com 83 anos no fim de semana passado. A declaração veio do seu enteado, Jean d'Orléans: "Sua Alteza Real a princesa Micaela, com quem o meu pai casou no segundo casamento, morreu no domingo 13 de março. Envio as minhas sinceras condolências ao seu filho, Alexis Francis-Boeuf, e aos seus entes queridos."

Antes de se tornar condessa de Paris, a jovem francesa natural de Vichy era apenas conhecida por Micaela Ana María Cousiño de León, isto sem nunca esquecer as suas origens. A sua mãe, Antonia Quiñones de León y Banuelos, era a quarta marquesa de San Carlos, título da nobreza espanhola, e o seu pai, Luis Maximiliano Cousiño y Sébire, herdeiro de uma poderosa família chilena. Iniciou a sua carreira na rádio e trabalhou numa agência de imprensa durante alguns anos. Durante uma década, foi responsável pela comunicação do ministro Raymond Barre, bem como de outros indivíduos do seu gabinete. Depois disto, foi funcionária durante um ano na Associação de Investigação em Cancro.
Henri d'Orléans e princesa Micaela, 1984
Henri d'Orléans e princesa Micaela, 1984 Foto: Getty Images


Com trinta e poucos anos, em 1974, conheceu o que viria a ser o seu futuro marido, príncipe Henri d' Orléans e filho mais velho do conde de Paris na altura. Contudo, o seu romance não seria um conto de fadas, até porque Henri era casado com a duquesa Maria Theresa de Württemberg, com a qual teve cinco filhos. O coração de Micaela não estava em muito melhor estado - tinha acabado de se divorciar do seu primeiro marido e pai do seu filho Alexis.
Alexis Boeuf com a mãe, a pricesa Micaela d'Orléans, durante a exibição de 'Príncipes e princesas de Orleães - uma família de artistas' em Paris, 2020
Alexis Boeuf com a mãe, a pricesa Micaela d'Orléans, durante a exibição de 'Príncipes e princesas de Orleães - uma família de artistas' em Paris, 2020 Foto: Getty Images

Não obstante, o romance dos dois prevaleceu e casaram pelo civil em 1984, o que desagradou a família deste. Como castigo, o príncipe viu-se proibido de reeivindicar os direitos sucessórios de primogénito a que tinha direito por nascimento. Porém, nem esta tentativa foi suficiente para demover o casal apaixonado de continuarem juntos. Aliás, tornou a sua relação ainda mais forte e solidária para com outros casais reais que tivessem passado por experiências semelhantes, como o príncipe Carlos e Camilla ou Felipe e Letizia de Espanha.

Henri d'Orléans e a princesa Micaela na chegada do baile da Fondation Pour L'Enfance no Palácio de Versalhes, 2007
Henri d'Orléans e a princesa Micaela na chegada do baile da Fondation Pour L'Enfance no Palácio de Versalhes, 2007 Foto: Getty Images

No início de 1990, o pai de Henri voltou a restabelecer o filho como herdeiro da Casa e Camila tornou-se princesa de Joinville. Alguns anos mais tarde, em 2009, o príncipe anulou oficalmente o casamento com Maria e casou de novo, desta vez pela Igreja, com Micaela. Não tiveram mais filhos, mas aproveitaram bem a vida. Um dos seus sítios de eleição para passar férias era em Maiorca, Espanha, onde tinham uma quinta que restauraram com muito amor e carinho.
Henri d'Orléans, conde de Paris e pretendente ao trono de França, e a princesa Micaela chegam à pequena aldeia francesa de Arcangues para o seu casamento pela Igreja. Henri, aqui com 76, esperou mais de três décadas para ter o seu primeiro casamento com Maria anulado pelo Vaticano.
Henri d'Orléans, conde de Paris e pretendente ao trono de França, e a princesa Micaela chegam à pequena aldeia francesa de Arcangues para o seu casamento pela Igreja. Henri, aqui com 76, esperou mais de três décadas para ter o seu primeiro casamento com Maria anulado pelo Vaticano. Foto: Getty Images
Saiba mais
celebridades, atualidade, nobreza
As Mais Lidas