Celebridades

Emily Ratajkowski despe-se em protesto contra a lei que proíbe o aborto no Alabama

A nova lei aprovada pelo Senado Alabama na terça-feira, dia 14, proíbe o aborto em qualquer fase da gravidez, mesmo em casos de violação.
Por Ana Rita Paiva, 17.05.2019

"Our bodies, our choice" ("Os nossos corpos, a nossa escolha"), lê-se no post que Emily Ratajkowski partilhou no seu Instagram como forma de protesto contra a nova lei do Alabama. "Esta semana, vinte e cinco homens brancos votaram a favor da proibição do aborto no Alabama, mesmo em situações de incesto e violação. Estes homens de poder estão a impor as suas vontades aos corpos das mulheres para manter o patriarcado," escreve a modelo e atriz. " É uma questão de classe e de raça e é um ataque fundamental aos nossos direitos enquanto mulheres nos EUA."

Em menos de 24 horas, a imagem da modelo já acumulou quase dois milhões de gostos e mais de vinte mil comentários.
Lady Gaga foi uma das que também mostrou a sua revolta, ao escrever no twitter que, "existe uma penalidade maior para o médico que realiza essas operações do que para a maioria dos violadores? Isso é uma farsa e eu rezo por todas as mulheres que sofrerão nas mãos deste sistema". Várias outras celebridades se juntaram a estes manifestos nas redes sociais, como Rihanna, Miley Cyrus, ou Jameela Jamil.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
2 Comentários
Anónimo Esta então para se despir preciso haver motivo, mais depressa veste-se em sinal protesto. Chamar isto musa tempos atuais?
Há 1 dia
aderito nunes crasy feminists
Há 1 dia
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!