Atual

Morreu Vivienne Westwood, designer de moda

Vivienne Isabel Swire é um ícone supremo da sua geração, e foi sempre um nome na Moda à frente do seu tempo. Deixou-nos aos 81 anos.

Foto: Getty Images
29 de dezembro de 2022 Rita Silva Avelar
"Vivienne Westwood morreu hoje, pacificamente e rodeada pela sua família, em Clapham, no sul de Londres. O mundo precisa de pessoas como a Vivienne para criar mudança para um mundo melhor", lê-se na conta oficial da marca da designer no Twitter.

Vivienne Isabel Swire é um ícone supremo da sua geração de designers, e foi sempre um nome na Moda à frente do seu próprio tempo.

Nascida em Glossop, no condado de Derbyshire, em Inglaterra, em 1941, foi responsável por levar o punk musical dos anos 1970 à Moda junto com o seu segundo marido, na altura empresário dos Sex Pistols, Malcolm McLaren (acabaram por ter um filho, Joe Corré, ativista e criador da Agent Provocateur). É um nome incontornável nos movimentos youthquake e ainda apanharia o new wave, mais uma vez influenciando este género através da indústria que dominava: a da Moda.

Atravessou vários momentos políticos em Inglaterra, acompanhou as várias expressões artísticas dos anos 70, e acabou por abriu a sua primeira loja - a SEX (foi o nome final, o primeiro era Let it Rock- em King's Road, Londres, entre 1974 e 1976 e, depois, o seu percurso quase se conta sozinho, tal foram as intervenções, campanhas e desfiles que se seguiram nos anos seguintes.

Das criações irreverentes ao seu trabalho único com figurinos e fardamentos, passou pelo Teatro e pelo Cinema. Vestiu de Margaret Thatcher a Carrie Bradshaw, e em 2005 foi distinguida como dama pela Coroa britânica. O mundo vi-a como hiperativa, rebelde, e os lábios vermelhos escuros em contraste com o cabelo branco não deixam margens para dúvida: era uma enfant terrible da Moda como poucas a foram, pelo menos para a sua geração.

Saiba mais
Mundo, Discussão, Morte, Vivienne Westwood, Vivienne Isabel Swire, Clapham, Twitter, Londres
As Mais Lidas