Atual

Da moda à cultura, o que há de novo?

Entre tendências de moda e eventos culturais, apresentamos as nossas escolhas para a próxima estação fria.

23 de outubro de 2019 | Sara Azevedo

Imperdível
Num tempo em que insuspeitos críticos de arte, como Waldemar Januszczak, se interrogam sobre o valor de alguns artistas plásticos do momento, é reconfortante poder revisitar a intocável obra de Paula Rego (Lisboa, 1935) na exposição Paula Rego – Coleção de Serralves. Surge, assim, a segunda imperdível oportunidade, ao fim de 15 anos, para apreciar o núcleo de obras daquela Coleção, desta vez datando de 1960 ao tempo presente. De 24 de outubro a 8 de março de 2020.

Colorido
São um must para as mulheres que ousam a cor e marcam a diferença. Estas botas em technicolor, que unem calçado com "meias" justas à perna, são fabricadas em novas matérias sintéticas e exigem pernas altas. Botas stretch em tecido tecnológico, Fendi.

Brilhante
O eyeliner e as sombras reclamam cor no outono/inverno para dar mais vivacidade ao olhar e ajudar a combater a melancolia dos próximos dias cinzentos. Exemplo? Esta linha vermelha sobre uma sombra dourada, inspirada por Val Garland, make-up artist de L’Oréal Paris. 

Prazeroso
Quando, entre nós, se escreve e se publica ao desbarato, as livrarias se tornam locais cada vez menos desejáveis e os topos de vendas das mesmas se revelam arrepiantes, é com incontido júbilo que se recebe a notícia da publicação do novo livro de António Lobo Antunes, A Outra Margem do Mar, à venda a 24 de setembro, editado pela Dom Quixote. Este romance, segundo a editora, "recupera o início da sublevação na Baixa do Cassanje, em Angola, recaindo antes da guerra colonial quando grandes plantações de algodão começaram a ser incendiadas, acontecimentos fulcrais para o desenvolvimento do conflito". Aquela editora irá lançar, também em setembro, edições comemorativas dos 40 anos de publicação de Os Cus de Judas e de Memórias de Elefante.

Encantatório
As palavras são de Jenn Pelly, da Pitchfork, acerca do mais recente álbum de Lana Del Rey, Norman Fucking Rockwell (que alguns países aconselham ser escutado primeiro pelos pais de menores…): "No seu elegante e complexo quinto álbum, Lana Del Rey canta refinadamente sobre liberdade, transformação e a devastação de se estar vivo. O álbum entroniza-a como uma das maiores compositoras americanas." O título é irónico ao reinterpretar o nome de Norman Rockwell (1894-1978), que pintou a sua visão idílica dos americanos e do seu país, em flagrante contraste com os EUA de hoje, que vivem um dos seus momentos mais sombrios. Já à venda.

Enriquecedor
Vale a pena investir numa viagem a Paris para percorrer a exposição Bacon en Toutes Lettres que o Centro Pompidou consagra ao pintor irlandês Francis Bacon (1909-1992). Na sequência das monografias dedicadas a Duchamp, Magritte, Derain e Matisse, o Centro prossegue a releitura de obras-primas do século passado e apresenta uma grande exposição sobre aquele pintor nascido em Dublin. São seis salas onde se ouvirão ler extratos de obras de Eschyle, Nietzsche, Bataille, Leiris, Conrad e Eliot, autores que inspiraram obras de Bacon. Até 20 de janeiro.

Recomeçar
A palavra de ordem para a rentrée? Desconectar. O plano de trabalho para depois de setembro? Limitar os e-mails, reduzir o número de horas nas redes sociais e frente à televisão e combater os desperdícios. Isto também deverá ser um objetivo: consumir menos e melhor, ter tempo para nós mesmos e viver em pleno os momentos passados ao vivo com a família e com os amigos. E ser-se ecológico. Em suma: renovarmo-nos, desconectarmo-nos e vivermos com serenidade.

Acontecimento
Após a grande retrospetiva da obra de Lucien Freud (1922-2011), na Tate Britain, em 2002, é a vez da Royal Academy of Arts, também em Londres, exibir, pela primeira vez, mais de meia centena de quadros, de desenhos e de esboços que revelam autorretratos do pintor na exposição Lucien Freud: The Self-portraits. Desde o primeiro, em 1939, até ao derradeiro, 64 anos depois, a mostra não só divulga a evolução física de Freud como revela o processo do envelhecimento humano. Lucien Freud é um dos raros pintores do século XX que se retratou com tanta consistência e insistência. De 27 de outubro a 26 de janeiro de 2020.

Irreverentes
A beleza está, mesmo, nos olhos de quem a vê. Chamem-lhes feios ou belos, os ugly sneakers ou os chuncky shoes não deixam ninguém indiferente e continuam em alta numa época em que os sapatos de ténis femininos são as novas carteiras. Ténis Burberry.

Liberdade
Com a democratização das viagens começou o pesadelo. Há filas quilométricas para subir o Everest, na muralha da China os visitantes acotovelam-se, os oceanos são poluídos pelos paquetes e os lugares mais paradisíacos são devastados por multidões de turistas, nem sempre civilizados, e arruinados por inexplicáveis projetos imobiliários. Por isso, torna-se imperioso visitar locais não devastados. É um novo desafio. E lugares não faltarão…

Poderosas
Há um revirar de olhos sempre que um filme de ação protagonizado por mulheres é anunciado. Não se encontra razão para isso a não ser que se esteja perante algo de duvidosa qualidade. As feministas aplaudem que nos filmes se queira mostrar mulheres possantes e não submissas e que, apesar da glamorização hollywoodesca, elas sejam mais do que meros objetos sexuais ou decorativos em filmes do género habitualmente de homens, com homens e só para homens. Por isso, Atomic Blond 2, com Charlize Theron, ou Os Anjos de Charlie, realizado por Elizabeth Banks e com Kristen Stewart, Naomi Scott, Ella Balinska e a própria Banks, podem não garantir Óscares, mas prometem bons momentos de ação. Divirta-se! Os Anjos de Charlie com estreia a 21 de novembro e Atomic Blond 2 sem data prevista.

Geometria
Bem ao modo de um quadro de Kazemir Malevitch, os novos padrões gráficos impõem-se nas coleções para o outono/inverno e desdobram-se, evocando uma homenagem à Bauhaus, cujo centenário se festeja este ano. Desfile Louis Vuitton outono-inverno 2019.

 

 

 

 

 

 

 

 

"A Cela", 1997, Paula Rego
1 de 10 "A Cela", 1997, Paula Rego
Botas stretch em tecido tecnológico, Fendi
Foto: Instagram @ fendi
2 de 10 / botas-stivali-fendi Botas stretch em tecido tecnológico, Fendi
eyeliner-vermelho-o-que-ha-de-novo
Foto: Instagram @ lindahallberg
3 de 10 / eyeliner-vermelho-o-que-ha-de-novo eyeliner-vermelho-o-que-ha-de-novo
António Lobo Antunes
4 de 10 António Lobo Antunes
"Norman Fucking Rockwell", de Lana del Rey
5 de 10 / norma-rockwell-lana-del-rey "Norman Fucking Rockwell", de Lana del Rey
"In Memory of George Dyer", 1971, Francis Bacon
Foto: Instagram @ centrepmpidou
6 de 10 / centre-pompidou-francis-bacon "In Memory of George Dyer", 1971, Francis Bacon
"Reflection with Two Children", 1965, Lucien Freud
7 de 10 / lucien freud "Reflection with Two Children", 1965, Lucien Freud
Ténis Burberry
Foto: Instagram @ burberry
8 de 10 / tenis-burberry Ténis Burberry
"Os Anjos de Charlie"
9 de 10 "Os Anjos de Charlie"
Louis Vuitton outono-inverno 2019
Foto: Instagram @ louisvuitton
10 de 10 / louis-vuitton-outono-inverno-2019 Louis Vuitton outono-inverno 2019
Saiba mais tendências, cultura, livros, cinema, beleza, música, novidades
Relacionadas

MoMA is back!

O Museum of Modern Art foi inovador quando abriu e continua a ser hoje uma referência no universo da arte, não apenas em Nova Iorque, mas no mundo. No dia 21 de outubro reabre ao público depois de obras de expansão, no ano do seu 90º aniversário.

Os filmes para ver no DocLisboa

A equipa do festival, que decorre até 27 de outubro, nos cinemas São Jorge e Ideal, Cinemateca Portuguesa e Culturgest, em Lisboa, escolhe os filmes a não perder nesta edição.

Como Norman fugiu à norma (num novo livro de fotografia)

A primeira regra de Norman Parkinson para o sucesso da fotografia de moda foi quebrar as regras. E o brilhantismo, que durou seis décadas de carreira, acabou por iluminar também outros mundos que não resistiram à sua forma de fotografar a realidade.

Mais Lidas