Moda

A Furla descodificada em 5 perguntas à sua presidente

Giovanna Furlanetto não só é a atual presidente da Furla, como também é filha do fundador da marca italiana. Em entrevista à Máxima explicou o que está na base do sucesso desta etiqueta que é bem popular em Portugal e um pouco por todo o mundo.

19 de fevereiro de 2020 | Carolina Carvalho

Orgulhosa das suas raízes italianas e de ser (e se manter) uma marca familiar, a Furla tem crescido pelo mundo com as suas coleções de carteiras e acessórios em pele. Fundada em Bolonha, em 1927, por Aldo Furlanetto, conta com mais de 90 anos de história. Estivemos na Semana de Moda de Milão, no passado mês de setembro, a conhecer a coleção que a marca criou para esta primavera/verão, e entrevistámos Giovanna Furlanetto sobre o passado e o futuro desta marca e o que a torna tão especial.

O que é verdadeiramente italiano na Furla?

A nossa criatividade, a nossa herança, a confeção e a elegância. A Furla é 100% italiana, mas com uma visão global. Para o meu pai e para as gerações depois dele, o objetivo sempre foi partilhar produtos italianos de alta qualidade e a nossa ideia de moda com o mundo.

A Furla sempre foi e continua a ser uma empresa familiar. De que forma é que tal se tem refletido no crescimento da marca e quão importante é a herança na Furla?

Eu orgulho-me de dizer que a Furla conta, simultaneamente, com raízes sólidas e modernidade. Ser uma empresa familiar não é um limite, mas representa também uma oportunidade – somos muito rápidos a tomar decisões e somos flexíveis. Somos a única marca global na sua categoria com herança italiana. Estabelecida em 1927 pelo meu pai, Aldo Furlanetto, em Bolonha, a Furla é hoje sinónimo de mais de 90 anos de história, um ADN italiano distintivo e uma confeção de alta qualidade e eu fico feliz por sermos consideradas uma história italiana de sucesso. Ao mesmo tempo, é essencial para nós adaptarmo-nos ao tempo que vivemos, estarmos abertos à novidade e à mudança para perceber e antecipar os desejos das nossas clientes. Acabámos de introduzir o novo logótipo Furla Arch – uma clara celebração da nossa longa história. O nome do logótipo ‘Furla Since 1927 Italy’ por si só sublinha a nossa ‘italianidade’, o nosso know-how e experiência de mão de obra. O ponto de partida para o logótipo Furla Arch foi o arco do edifício da Fondazione Furla, em Bolonha. E, adicionalmente, simboliza os nossos valores de inclusão, o abrir a porta para o novo mundo da Furla. O logotipo assume, pela primeira vez na nossa história, um statement arrojado. Isto permite às carteiras Furla serem imediatamente reconhecíveis.

A Furla começou em Bolonha, agora está no mundo inteiro. Quais os objetivos e projetos de desenvolvimento da marca para o futuro?

Desde a década de 1970, a Furla tem desenvolvido uma ambiciosa estratégia de retalho. Hoje a rede de trabalho da Furla conta com 1600 pontos de venda pelo mundo, dos quais 1200 são lojas multi-marca e armazéns. Estamos cheios de ideias para o futuro… E vamos partilhá-las quando os projetos estiverem finalizados. O que posso dizer, na generalidade, é que estamos interessados num crescimento orgânico e pomos sempre a satisfação dos clientes acima de tudo. Vamos continuar a missão do meu pai de criar peças bonitas e de alta qualidade a um preço acessível, fiéis à nossa máxima, que tem sido sempre e continua a ser "todas as mulheres merecem beleza, elegância e alta qualidade".

Porque surgiu a ideia de See Now Buy Now neste outono/inverno? E como foi o resultado?

Hoje, através das redes sociais, a moda está acessível a uma vasta audiência. Os dias em que a moda era ditada por criadores das suas torres de marfim já passaram há muito. Os produtos são apresentados durante as semanas de moda, vistos no Instagram e imediatamente desejados. O movimento See-Now-Buy-Now é fantástico, porque dá aos fãs da nossa marca a possibilidade de adquirirem uma peça imediatamente, no minuto em que a vêem e se apaixonam por ela, sem terem de esperar pela próxima estação em que os produtos chegam às lojas. Por ocasião da semana de moda [de Milão], apresentamos o nosso novo ícone Furla 1927. Esteve disponível em edição limitada desde meados de setembro em furla.com e em 42 lojas selecionadas pelo mundo [uma delas foi a loja na Avenida da Liberdade, em Lisboa] e os resultados foram fantásticos e continuam a ser!

Acredito que a Fundação Furla lhe seja um projeto especialmente querido, uma vez que foi fundada por si em 2008. Fale-nos da importância da ligação às Artes para a Furla e do novo projeto Furla Series que começou em 2017.

Sim, a Arte é uma parte fundamental da minha vida e a Fondazione Furla é uma satisfação muito importante para mim. Foi fundada em Bolonha em 2008 para consolidar a longa relação cultural entre a Furla e a Arte Contemporânea. A Fondazione Furla aconteceu para garantir a continuidade de projetos culturais que a Furla lançou e para permitir uma visão ainda mais internacional. Fiquei muito orgulhosa quando um importante galerista italiano me disse, há alguns anos, que o Prémio Furla aumentou o interesse do país em Arte Contemporânea. Foram criados muitos prémios depois do nosso, e todos foram um importante apoio cultural para o nosso país. O nosso compromisso inicial era apoiar jovens artistas italianos – agora com a Furla Series, estamos focamos em promover  a cena contemporânea em Itália, seja desenvolvendo projetos temáticos ou produzindo exposições a solo de artistas internacionais que façam a sua primeira apresentação no nosso país.

Giovanna Furlanetto, presidente da Furla.
1 de 13 Giovanna Furlanetto, presidente da Furla.
Fondazione Furla, em Bolonha. Fundada pela president da Furla, Giovanna Furlanetto, em 2008.
2 de 13 Fondazione Furla, em Bolonha. Fundada pela president da Furla, Giovanna Furlanetto, em 2008.
3 de 13
Carteira Sleek, primavera/verão 2020, Furla.
4 de 13 Carteira Sleek, primavera/verão 2020, Furla.
Carteira Sleek Mini, primavera/verão 2020, Furla.
5 de 13 Carteira Sleek Mini, primavera/verão 2020, Furla.
Carteira Ribbon, primavera/verão 2020, Furla.
6 de 13 Carteira Ribbon, primavera/verão 2020, Furla.
Carteira Piper, primavera/verão 2020, Furla.
7 de 13 Carteira Piper, primavera/verão 2020, Furla.
Carteira Piper de cintura, primavera/verão 2020, Furla.
8 de 13 Carteira Piper de cintura, primavera/verão 2020, Furla.
Mochila Piper, primavera/verão 2020, Furla.
9 de 13 Mochila Piper, primavera/verão 2020, Furla.
Carteira Pillow, primavera/verão 2020, Furla.
10 de 13 Carteira Pillow, primavera/verão 2020, Furla.
Carteira 1927, primavera/verão 2020, Furla.
11 de 13 Carteira 1927, primavera/verão 2020, Furla.
Carteira 1927, primavera/verão 2020, Furla.
12 de 13 Carteira 1927, primavera/verão 2020, Furla.
Carteira 1927, primavera/verão 2020, Furla.
13 de 13 Carteira 1927, primavera/verão 2020, Furla.
Saiba mais Furla, Moda, Acessórios, Itália, Carteiras, Semana de Moda, Artes, Milão, Bolonha, Fundação, Giovanna Furlanetto
Relacionadas

Arco triunfante

Durante a semana da moda de Milão, a Furla lançou a nova colecção de it bags para a primavera-verão de 2020, com o novo logotipo da marca.

Mais Lidas