Celebridades

Designer e ícone de moda Gloria Vanderbilt morre aos 95 anos

Conhecida como a ‘rainha dos blue jeans’, Gloria Vanderbilt faleceu em casa, hoje (17), na sequência de um avançado cancro de estômago.
Por Camila Lamartine, 17.06.2019

Atriz, artista, escritora, designer e um ícone de moda, Gloria Vanderbilt morreu a 17 de junho, junto de família e amigos, como avançou o seu filho mais novo Anderson Cooper, reputado jornalista da CNN. No seio de uma família afortunada, Vanderbilt nasceu a 20 de fevereiro de 1924 em Nova Iorque, era a trineta do magnata Cornelius Vanderbilt -  o magnata dos caminhos de ferro e dos navios do século XIX. Nos anos setenta e oitenta tornou-se num verdadeiro ícone de moda, tendo fundado uma marca própria de jeans (cujo logo era um cisne) que depois também se alargou à produção e venda de perfumes. Os famosos jeans Vanderbilt eram um símbolo de estilo que marcou várias gerações. O ex-Beatle Paul McCartney fez uma canção só para ela em 1974 e chamou-lhe ‘Mrs Vanderbilt’. Na sua lista de affairs, que é revelada pela própria na autobiografia It Seemed Important at the Time: A Romance Memoir há nomes como Marlon Brando, Frank Sinatra e Howard Hughes.

Educada numa família rica (afinal, os Vanderbilt ergueram as primeiras mansões da 5ª Avenida e eram referências da alta-sociedade americana) Gloria também se viu envolta em disputas que envolveram heranças de avultadas quantias de dinheiro. Aos 17 meses ficou sem o pai Reginald Vanderbilt e tornou-se herdeira de 4 milhões de euros, indo viver com a mãe para a Europa. Aos 10 anos, a sua tia Gertrude Vanderbilt Whitney (fundadora do Museu de Arte Americana de Whitney) alegou que a mãe de Gloria estava a abusar do fundo (monetário) da filha, e o caso acabou por chegar ao Supremo Tribunal dos EUA. Whitney acabou por ganhar a custódia de Glória. Foi um dos maiores julgamentos dessa década.

"Viveu a sua vida inteira sob os olhares do público. Tinha 95 anos, mas pergunte a qualquer pessoa próxima a ela, e eles dir-te-iam que ela era a pessoa mais jovem que eles conheciam", disse o filho Anderson, em declarações à CNN. Vanderbilt teve quatro filhos e casou quatro vezes, a primeira aos 18 anos, no momento em que iniciou a sua carreira de modelo. A primeira, com Pat De Cicco, um agente de Hollywood. O segundo casamento deu-se em 1945, com o conhecido maestro Leopold Stokowski com quem teve Stanislaus e Christopher. Em 1956 voltou a casar, com o produtor de televisão Sidney Lumet. Por fim, o seu quarto casamento (e por sinal o mais feliz) foi com o escritor Wyatt Cooper com quem teve Carter e Anderson. "Ela foi uma mulher extraordinária, que amava a vida e vivia em seus próprios termos", disse Cooper em comunicado. "Pintora, escritora e designer, mas também uma notável mãe, esposa e amiga". Gloria Vanderbilt já lutava há algum tempo contra um avançado cancro de estômago.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!