Celebridades

A passadeira vermelha dos Óscares 2020

Os looks da red carpet da cerimónia de entrega da 92ª edição dos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.
Por Aline Fernandez, 09.02.2020

Embora o rosa tenha dominado esta temporada de premiações, uma variedade de cores foi abundante na passadeira vermelha dos Óscares. Contudo, no que diz respeito à silhueta, cortes clássicos e saias princesa (como visto em Cynthia Erivo e Regina King) foram a norma, já que menos estrelas assumiram riscos de moda na red carpet.

As mais ousadas foram Janelle Monáe, Gal Gadot, Sandra Oh e Florence Pugh. O sempre irreverente Billy Porter vestiu uma criação do designer britânico Giles Deacon com um corpete de penas douradas que era uma referência ao Cupola Room do Palácio de Kensington.

E não só os vestidos mereceram atenção. A atriz de Joker Zazie Beetz usou dois colares de diamantes da Bvlgari para completar o look personalizado Thom Browne. E muitos foram os colares que brilharam esta noite, como vimos em Greta Gerwig, Florence Pugh, Gal Gadot e Charlize Theron. Outras joias que merecem destaque foram os anéis de Cynthia Erivo e a pulseira da Salma Hayek Pinault.

Além do tributo de Spike Lee a Kobe Bryant e dos nomes bordados na capa da Natalie Portman, a passadeira vermelha também foi palco de mensagem para Waad al-Kateab, co-realizadora síria do documentário nomeado aos Óscares For Sama, que usou um vestido adornado com mensagens em árabe. O filme de guerra conta histórias de perda, riso e sobrevivência em Aleppo.

Tags: oscars óscares óscar 2020 passadeira vermelha red carpet cinema academia de artes e ciências cinematográficas
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!