Saiba Mais

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Guia essencial para cuidar da pele sensível

Pele reativa, pele hipersensível, pele intolerante? Todos estes conceitos referem-se a apenas um problema: pele sensível! Há um novo creme que hidrata, protege e acalma a pele sensível, independentemente da origem da sensibilidade. E, sim, só precisa de um único cuidado diário.

18 de outubro de 2021 Máxima

Sabia que, ao contrário do que poderíamos pensar, a sensibilidade cutânea pode ser considerada uma vantagem? Ao captar os sinais do ambiente, a pele adapta-se de forma imediata aos agentes irritantes, como medida de proteção. O problema surge quando estes agentes se tornam muito agressivos e a pele sensível deixa de ter essa capacidade de adaptação – o que pode ser a causa de um desconforto que varia entre o leve e o intenso.

Decifrar a pele sensível


Como a pele é um órgão do corpo humano que tem uma linguagem própria, expressa-se através de reações diversas. A sensibilidade é uma dessas expressões – repuxamento, sensação de picadas, sensação de queimadura, desconforto, vermelhidão.


Também é verdade que nem todas as peles sensíveis são iguais. Podemos falar de pele sensível e sensibilizada. A pele sensível vem de uma sensibilidade natural e é uma condição permanente, na qual as fibras nervosas disfuncionais reagem a agentes irritantes. Já a pele sensibilizada pode ser desencadeada por produtos faciais ou por fatores ambientais (mais natural nas mudanças de estação, sobretudo na chegada do inverno), por exemplo.

A pele sensibilizada pode ainda reagir a momentos de stress, antes ou durante as viagens, como consequência da poluição ou por falta de horas de sono... Seja qual for o caso, seja uma questão temporal ou que perdura todo o ano, se nota a pele a repuxar, mais vermelha, mais seca, com mais escamação ou mais inflamada, está na hora de cuidar da pele.

Especialista em biologia da pele ao serviço da dermatologia, a Bioderma apresenta o novo Sensibio Defensive, um creme ativo calmante especialmente criado para a pele sensível e sensibilizada.

Bioderma Sensibio Defensive


Para pele sensível e sensibilizada


1º cuidado ativo calmante

Reforça e fortalece a capacidade da pele de se defender contra agressões

Atua sobre as causas da pele sensível e sensibilizada

Previne a reação cutânea, o stress oxidativo e as alterações na função de barreira da pele


Resultados imediatos

Acalma a pele

Pele protegida


Resultados ao fim de um mês de utilização

Acalma a pele de forma duradoura

Pele mais resistente

Pele menos sensível e sensibilizada


Modo de usar: aplique sobre a pele previamente limpa com um produto de higiene Sensibio, de manhã e à noite, no rosto e pescoço. Este creme é também uma boa base de maquilhagem.


Dica nº1 para a pele sensível: evite os perfumes e as fragâncias


Grande parte dos produtos de limpeza, cremes e outros produtos da rotina de beleza incluem perfume nas composições, um ingrediente que pode provocar ardor, secura da pele e outros sinais reativos, especialmente na pele sensível. Em contrapartida, deve procurar produtos com ingredientes calmantes e formulados especificamente para a pele sensível.


Para limpar a pele, opte pela água micelar Sensibio da Bioderma, um produto que limpa a pele das impurezas e maquilhagem – respeita a pele, acalma, refresca e tem uma excelente tolerância cutânea e ocular, sem necessitar de enxaguamento. Se preferir um produto com enxaguamento, opte pelo Sensibio Gel moussant, também indicado para a pele sensível, com ação calmante.



Não se esqueça de retirar sempre a maquilhagem e todas as toxinas ambientais, mas evite limpar em excesso! Para a pele sensível, menos é mais.


Dica nº 2 para a pele sensível: reforce a hidratação diária


Todos os dias. Sobretudo na chegada do inverno. Hidratar bem a pele é um passo que não deve, nunca, faltar numa rotina de cuidados de pele sensível. Prefira cremes hidratantes, em vez de fórmulas aquosas como loção ou emulsão. Um bom creme hidratante vai nutrir de imediato a pele, impulsionar a renovação celular sem causar irritação e tornar a pele mais bonita. O creme perfeito seria um com ação hidratante, antioxidante e calmante, como Sensibio Defensive da Bioderma.


Dica nº 3 para a pele sensível: prefira cremes hipoalergénicos


O grande objetivo da rotina de cuidados da pele sensível deve ser restaurar e manter o equilíbrio fisiológico da barreira cutânea. Ingredientes que fazem parte da composição natural da pele e que desempenham uma função protetora – como a carnosina e a vitamina E, antioxidantes presentes na composição do creme Sensibio Defensive – devem ser reforçados. Também ingredientes que ajudem a reforçar a função de barreira da pele – como o tetrapéptido-10 – e que acalmem a pele, regulando a resposta inflamatória – como os polifenóis de sálvia – são essenciais para a proteção da pele e devem, naturalmente, estar incluídos na fórmula de um cuidado indicado.

Ao reforçar estas componentes naturais da pele com o Sensibio Defensive da Bioderma, está a criar uma barreira de proteção da pele mais forte, o que faz com que a pele volte a ser capaz de bloquear os agentes irritantes da pele e, como consequência, capaz de aliviar e impedir os sintomas normalmente associados à pele sensível.


O novo creme Sensibio Defensive da Bioderma (PVP €20,42) está disponível em duas texturas, uma leve e fresca e outra rica, envolvente e nutritiva, no caso do Sensibio Defensive Rich. Descubra mais sobre a gama Sensibio em bioderma.pt.