C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

EU & O CANCRO DA MAMA METASTÁTICO

No mês que assinala a importância da prevenção do cancro da mama, conheça as histórias de quem, apesar do diagnóstico, decide tirar o melhor partido da vida.

28 de outubro de 2020

Um murro no estômago. Ficar sem chão. "Porquê eu?" O diagnóstico de um cancro, qualquer cancro, é um choque, não importa qual o cancro, em que altura da vida, em quem se diagnostica.

Perante o perigo, a adversidade, o ser humano desenvolve o mecanismo de defesa conhecido como fight or flight [lutar ou fugir]. Mas, no cancro, não há como fugir de um invasor que se instala dentro de nós. A única resposta, a única solução, a única forma de nos livrarmos do inimigo, é lutar.





Cancro da mama metastático


O cancro da mama metastático é aquele que, começando na mama, se multiplica por outros órgãos, como rins, pulmões, cérebro ou ossos.

Outubro é o mês que assinala o cancro da mama, na iniciativa Outubro Rosa - que pretende consciencializar para a importância do autoexame, do diagnóstico precoce, das linhas de tratamento, mas também de alertar para a necessidade de investigação. É também a altura ideal para elevar o alerta: não acontece só aos outros. Não acontece só a mulheres. Não podemos desvalorizar.


Com o foco no cancro da mama metastático, a Pfizer dá voz a doentes diagnosticados, através dos seus colaboradores, num testemunho emotivo e positivo sobre a vida pós-diagnóstico de quatro diferentes protagonistas.

A carregar o vídeo ...

O vídeo institucional da Pfizer dá voz a quem, perante a adversidade do cancro da mama metastático, investe na qualidade de vida e na luta contra uma doença para a qual, até agora, não foi encontrada cura. Os testemunhos dos quatro protagonistas provam que o cancro não é uma sentença de morte, e que a vida é agarrada ainda com mais força quando se decide, com todas as forças, lutar.

O vídeo tem também uma chamada de atenção que é necessário não ignorar: o cancro da mama pode, também, ser detetado em homens. Apesar de apenas 1% dos cancros da mama serem em homens, é imperativo acabar com a estigmatização como exclusivamente feminino, para que o diagnóstico nos homens seja mais precoce e mais eficaz.

Assinalar o dia 13 de outubro como o Dia do Cancro da Mama Metastático é crucial, por um lado, para provar aos doentes com cancro que é possível manter a qualidade de vida e, por outro, para garantir que, mesmo depois da batalha do cancro da mama, é essencial continuar alerta e nunca baixar os braços.

EU & O CANCRO DA MAMA METASTÁTICO

A iniciativa mundial da Pfizer "Eu & o meu cancro da mama metastático" chega agora a Portugal, num guia essencial para todos os doentes. O diagnóstico, os tratamentos, a saúde, a forma como o cancro pode interferir com o emocional e com as relações, são alguns dos temas abordados no site e num guia de 120 páginas. 

O guia pretende ser um apoio no caminho de uma vida com cancro da mama metastizado, explicar as várias opções que poderão ter de ser tomadas mas, sobretudo, pretende ajudar a que se perceba que, "apesar da doença, está nas suas mãos determinar como deseja desfrutar a vida", como refere Luzia Travado, psicóloga clínica, especializada em psico-oncologia.