Beleza / Tendências

Beleza em viagem

A pensar em mulheres que não dispensam um bom ritual de beleza e que sabem mimar-se seja em casa ou no hotel das férias, a Cidália Cabeleireiros aposta nos famosos packs de travel size.

21 de julho de 2020 | Máxima

Estar bonita em qualquer sítio de forma prática e simples – é esta a promessa da oferta que o grupo Cidália Cabeleireiros ao disponibilizar uma das novidades do momento, que são os packs travel size da Kérastase.

De forma a descomplicar a escolha dos produtos de beleza a levar no momento de fazer as malas e ir de férias, a Cidália Cabeleireiros aposta na conversão para miniaturas das gamas mais icónicas de Kérastase, ideais para viagens, para que os seus clientes possam continuar os cuidados capilares mesmo em tempo de férias. "Acreditamos que desta forma os nossos clientes conseguem ir de férias e manter os seus rituais de beleza, porque entendemos que o cuidado tem que se manter, independentemente de onde estivermos", afirma Alexandra Padinha, sócia gerente do Grupo Cidália Cabeleireiros.

O grupo Cidália Cabeleireiros disponibiliza os packs travel size nos seus 18 salões e na sua loja online a preços surpreendentes.

 

1 de 1
Saiba mais Grupo Cidália Cabeleireiros, Kérastase, economia, negócios e finanças
Relacionadas

Tendência “fox eye” acusada de apropriação cultural e racismo

Trata-se de um look de maquilhagem para atingir um olhar mais “alongado”, é famoso entre celebridades e tornou-se viral pelo Tik Tok. Bella Hadid e Kendall Jenner são conhecidas por usarem esse look, no entanto, o “fox eye” tem sido bastante criticado no Twitter por outras razões.

Mais Lidas
Celebridades O outro lado de Joana Aguiar

Atriz, estudante de gestão e modelo, Joana Aguiar dá cartas na televisão e no cinema portugueses. Por aqui, mostra um lado mais camaleónico que tanto aprecia na profissão, e uma atitude edgy que não se disfarça: ou se tem, ou não se tem.

Celebridades Joias ao ar! Os roubos mais extraordinários das últimas décadas

Isto não é um assalto, mas é um texto sobre os roubos de joias mais mediáticos das últimas décadas. Ficamos por aqui, pois, caso contrário, teríamos de publicar um outro número só acerca do assunto. O tema desperta curiosidade porque junta pedras preciosas, realeza, celebridades, museus, marcas de prestígio, polícias e ladrões. E, por vezes, as notícias da realidade confundem-se com histórias de ficção.