Saiba Mais

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Mude o ritmo da sua vida!

Oiça o tema Eu Vou e perceba as motivações de Ana Bacalhau por trás da música que respira empoderamento.

26 de julho de 2022 Máxima

Sabia que, em Portugal, 2 milhões de pessoas lutam com problemas de obesidade? E que, muitas vezes, não é a falta de exercício ou a alimentação que condicionam o peso? Existem mais de 100 fatores1 associados ao excesso de peso e à obesidade.


No Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade – celebrado a 21 de maio – e a propósito da iniciativa Mude o ritmo da sua vida, Ana Bacalhau lançou o tema inédito Eu Vou, uma canção que é inspirada no poder que cada um de nós tem em mudar a sua vida.





A música Eu Vou pretende enfatizar a importância de darmos o primeiro passo e de procurarmos ajuda de uma forma positiva e leve, mas, ao mesmo tempo, empoderadora.


Ana Bacalhau




A procura de ajuda especializada é um fator decisivo, para um acompanhamento personalizado e mais minucioso. Dietas autoimpostas, sem o acompanhamento de um especialista, e sem ter em conta fatores como idade, índice de massa corporal, percentagem de massa gorda, estilo de vida, patologias e medicamentos –entre inúmeros outros fatores – poderão não ter os resultados esperados ou tornarem-se em famosas dietas ioiô.


Oito fatores (de mais de 100!) que podem influenciar o excesso de peso


• A forma como o corpo evolui
• Onde e como vive
• Forma como funciona o cérebro
• Algumas doenças
• Toma de certos medicamentos
• Pressão social
• Falta de sono
Stress



A verdade sobre o peso


Estimativas recentes apontam que cerca de 67,6% dos portugueses tem excesso de peso2, dos quais 28,7% terão obesidade – o que equivale a mais de 2 milhões de portugueses3.


É necessário alertar de forma preponderante a população para a necessidade de acompanhamento e de controlo de peso, mas é também preciso capacitá-los com informação, com motivação e com uma mensagem positiva, de alerta e de possibilidade de mudanças. Apostar em campanhas de informação e divulgação, sobretudo com cunho personalizado e com uma cara tão querida dos portugueses, permite uma maior sensação de proximidade.




Mas A verdade sobre o peso vai muito além do tema de Ana Bacalhau: o site da campanha é também um guia para todos os que vivem com excesso de peso, quer em estadios iniciais quer em estadios mais avançados, através de ferramentos de informação mas também de aconselhamento. No guia Oito perguntas a fazer ao seu médico sobre obesidade, encontra uma base sólida para uma primeira consulta profícua, em que poderá esclarecer todas as suas dúvidas e começar um tratamento adequado às suas necessidades e tendo em conta o seu histórico.




A iniciativa, que tem como mote “Mude o Ritmo da Sua Vida”, foi desenvolvida numa parceria entre a Novo Nordisk, a Adexo, a SPEO e a SPEDM, como forma de reconhecimento da obesidade como problema de saúde prioritário e para incentivar a procura de intervenção de um profissional de saúde especializado.



Descubra A verdade sobre o peso, inspire-se com Ana Bacalhau e siga o mantra: Eu Vou! Escolha viver com saúde e mude o ritmo da sua vida.



Sabia que…?


• Cerca 40 a 70% do nosso peso depende da genética, raça/etnia, e história familiar4
• O stress e a angústia afetam o apetite5
• A depressão está relacionada com um maior risco de excesso de peso ou obesidade – cerca de 58%6
• As desigualdades sociais e económicas7, a gravidez e situações de doença8 podem contribuir para a prevalência de obesidade
• A perda de 5 a 10% do peso representa melhorias significativas: nível de glicose no sangue, pressão arterial, nível de colesterol. Já a perda de 10 a 15% do peso reduz a incidência de apneia obstrutiva do sono9







1) https://www.truthaboutweight.global/pt/pt/mude-o-ritmo-da-sua-vida/understanding-weight.html
2) Centro de Estudos de Medicina Baseada na Evidência (CEMBE), Evigrade-IQVIA e Sociedade Portuguesa. Estudo da Obesidade (SPEO). Estudo “O Custo e a Carga do Excesso de Peso e Obesidade em Portugal”. Outubro de 2021
3) Direção Geral de Saúde. Retrato da Saúde. Disponível em https://www.sns.gov.pt/wp-content/uploads/2018/04/RETRATO-DA-SAUDE_2018_compressed.pdf. Julho 2020
4) NIH (2022). Overweight and Obesity. [Online] National Lung, Heart and Blood Institute. Available at: https://www.nhlbi.nih.gov/health-topics/overweight-and-obesity
5) Sominsky, L. and Spencer, S., 2014. Eating behavior and stress: a pathway to obesity. [Online] Frontiers in Pyschology. Available at: https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fpsyg.2014.00434/full
6) Luppino, F.S., de Wit, L.M., Bouvy, P.F., Stijnen, T., Cuijpers, P., Penninx, B.W.J.H. and Zitman, F.G. (2010). Overweight, Obesity, and Depression. Archives of General Psychiatry. [Online] 67(3), pp.220. Available at: https://jamanetwork.com/journals/jamapsychiatry/fullarticle/210608
7) Loring, B. and Robertson, A. (2014). Obesity and inequities: Guidance for addressing inequities in overweight and obesity. Copenhagen: The Regional Office for Europe of the World Health Organization, pp.4.
8) WHO (2021). Obesity and overweight. [Online] World Health Organization. Available at: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/obesity-and-overweight
9) 16 Jensen MD et al. Circulation 2014;129 (25 Suppl 2): S102–S138.


Novo Nordisk Portugal, Lda
Rua Quinta da Quintã Nº1 – 1º – Quinta da Fonte, 2770-203, Paço de
Arcos.
Contribuinte Nº 501485210 | Capital Social €250.000 | C.R.C. Cascais
13.683 – Oeiras
www.novonordisk.pt

PT22OB00042