Saiba Mais

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Julia Roberts voltou a Cannes… e não desiludiu

A atriz foi pela segunda vez ao festival internacional de cinema com um papel muito especial: como madrinha do Troféu Chopard

24 de maio de 2022 Máxima

Que Cannes é um desfile de estrelas, nunca duvidámos. Mas mesmo no mundo dos astros do cinema, há aparições mais esperadas do que outras… e nós, que sempre torcemos para que fosse Julianne a casar com o melhor amigo, há muito que queríamos ver Julia Roberts desfilar num dos mais importantes eventos de cinema a nível mundial. A última vez foi, também, a primeira, em 2016. Seis anos volvidos, o nosso desejo foi finalmente concedido… e podemos garantir: Julia Roberts está melhor do que nunca!

Uma participação (muito) especial



A presença da atriz de êxitos como Pretty Woman, Nothing Hill, My best friends’s wedding ou, mais recentemente, Eat, Pray Love e Wonder não podia ter um melhor motivo. Julia Roberts regressa ao Festival de Cannes como madrinha do Troféu Chopard, que este ano foi entregue a Sheila Atim e Jack Lowden. O prémio, que anualmente distingue um ator e uma atriz revelação, tornou-se já um presságio do sucesso dos vencedores. 2022 marca o 25º aniversário da  Chopard como parceira oficial do Festival, bem como o 75º aniversário do Festival de Cannes, o que torna ainda mais marcante a presença da atriz.

Versace

1 de 3Sheila Atim  

Rayban

2 de 3Sheila Atim  

Oakley

3 de 3Julia Roberts  


Para além do Troféu Chopard, uma representação do talento emergente que a própria Chopard apadrinha, quer com o nome, quer com o prémio, a marca é também responsável pelo design da Palma de Ouro. Ao longo dos anos, vários foram os nomes que apadrinharam e amadrinharam o  Troféu Chopard: Julianne Moore, Robert de Niro, Sean Pean, Sir Elton John e Gwyneth Paltrow são apenas alguns dos nomes a quem já coube o privilégio de entregar o prémio. No 25º aniversário de parceria da Chopard com o Festival, foi a vez de Julia Roberts.


O caminho para o sucesso



Ser galardoado no Festival de Cannes é, obviamente, sinal de reconhecimento e de talento mas ser reconhecido no Festival de Cannes com um prémio revelação, como o é o Troféu Chopard, é sinónimo de novos desafios e até sinal de possíveis outros prémios. Nomes como Marion Cotillard, pela sua performance em La vie en rose, ou mais recentemente Jessie Buckley - que venceu o prémio e foi, logo a seguir, nomeado ao Óscar - são prova da qualidade, do prestígio e do rigor que envolvem o Troféu Chopard, que todos os anos analisa as estrelas emergentes.




"A Chopard ama cinema, e o troféu é um compromisso de longo prazo da nossa casa na garantia de sucesso de novos talentos."

Caroline Scheufele



Além da envolvência na escolha dos vencedores, também o prémio é pensado e criado ao pormenor. E, para provar a envolvência emocional, é a própria copresidente e diretora criativa, Caroline Scheufele, a desenhar o troféu: uma película de filme em prata, assente em base de vidro.