C-Studio i

C-Studio

Esta é a altura certa para cuidar do cabelo

Para prevenir a queda e conseguir um cabelo mais forte, suave e brilhante é preciso dar-lhe atenção máxima nesta época do ano
Por Máxima, 04.10.2018

De modo a conseguir o penteado perfeito, recorremos muitas vezes a auxiliares, como pranchas e secadores, com consequências negativas para o cabelo. Mas o preço a pagar pode ser bem alto. Ter um cabelo saudável e impecável todos os dias é o desejo de muitos. O problema é que nem sempre conseguimos reconhecer as razões por trás do aspeto baço e enfraquecido.

Um dos erros mais comuns é optar por camuflar em vez de tratar os problemas na raiz. Outro problema reside na escolha de produtos de cuidados capilares em função da opinião das celebridades, dos influencers ou dos amigos, sem ter em conta o tipo de cabelo e as diferentes necessidades. Reconhecer as causas deve ser o primeiro passo para cuidar e tratar do cabelo, principalmente nesta época do ano.

Outono, a melhor altura para cuidar do cabelo

As mudanças de estação são um dos fatores mais relevantes na saúde capilar. O cabelo cai com maior intensidade. Esta queda pode ser uma situação esporádica ou sazonal. Pode também ser o reflexo de outros problemas internos, como as alterações hormonais, o stress, a alimentação, a poluição, a exposição solar ou a utilização excessiva de químicos.

Mas este não é o único problema capilar dos portugueses. A caspa, por exemplo, é também uma das queixas mais comuns, assim como o couro cabeludo sensível. É preciso estar atento e ter em conta todas as condições antes de partir para a ação. Tal como no resto do corpo, para ter resultados positivos e visíveis, é necessário, em primeiro lugar, encontrar a fonte dos problemas para uma solução mais adequada.


Sabia que…?

Descubra os três problemas de saúde capilar mais frequentes e a melhor forma de lidar com cada situação. Conhecer o problema é meio caminho andado para o poder enfrentar.

7 em cada 10 portugueses são afetados pela queda de cabelo

A queda de cabelo pode ser hereditária, sazonal ou agravada pelo stress ou alterações hormonais. É um fenómeno complexo que pode assumir diferentes níveis de intensidade. Encontrar uma solução adequada não é simples. Há hábitos que podem ser adotados por todos e fazer a diferença. Escovar o cabelo enquanto ainda está molhado reduz a queda por quebra. Abdicar da água demasiado quente para lavar o cabelo é essencial para não desidratar o couro cabeludo. Evite puxões no cabelo, melhore o plano alimentar, filtre a água e use um champô suave.



Para 64% dos portugueses a caspa é uma realidade constante

Tem caspa? Não se sinta sozinho. Não é o único. A caspa e a dermatite seborreica são erupções do couro cabeludo normalmente associadas à descamação. Estudos mais recentes indicam que a caspa resulta de um desequilíbrio no microbioma – o ecossistema de micro-organismos que vive à superfície da pele – e, em especial, de uma população anormalmente elevada do fungo malassezia. Não é toda igual e pode afetar todos os tipos de cabelo, com diferentes comprimentos e texturas. Também não existem tratamentos definitivos. Tal como o stress, a caspa vai e vem. Acaba por ser sazonal e pontual, reagindo ao organismo e saúde física e psicológica. A solução passa pelos hábitos de lavagem adequados e uma esfoliação do couro cabeludo.



Mais de metade dos portugueses tem sensibilidade no couro cabeludo

Este problema revela-se normalmente através de irritação, comichão ou ardor. Com 230 recetores nervosos por cm², não é surpreendente que o couro cabeludo seja especialmente sensível. Mas há pessoas que notam uma sensibilidade acentuada, o que cria um desconforto permanente, que pode ser agravado pelo stress, pelas agressões térmicas ou até pela mudança de estação e picos de alergias. Antes de usar qualquer produto capilar faça um teste numa pequena área da pele para verificar se há algum tipo de reação. Evite a escovagem agressiva, a utilização de pentes pontiagudos ou de acessórios que arranham o couro cabeludo. Hidrate o couro cabeludo com produtos específicos para o mesmo.



Diagnóstico capilar gratuito

Até 13 de outubro, faça uma análise capilar rigorosa e completa no Centro de Diagnóstico Dercos by Vichy na Well’s. De norte a sul do país, há especialistas capilares para ajudar a diagnosticar e tratar problemas como a queda de cabelo, a caspa e o couro cabeludo sensível. Esclareça todas as dúvidas e resolva o problema de uma vez por todas com os produtos mais adequados.

Partilhar
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!