Culturas A “caçadora” de hackers

É o mais obscuro dos mundos e a maioria dos cibercrimes não são denunciados. Para os criminosos, o dinheiro que se ganha compensa os riscos. Mas como o fazem? Detentora de informações privilegiadas, Kate Fazzini foi contra a maré para revelar o mundo da fraude digital e da extorsão corporativa. E o raro é isso mesmo: ser uma mulher a fazê-lo.

Culturas Design com história(s)

A coleção Välgörande, da Ikea, foi pensada para criar emprego a artesãos da Tailândia e da Roménia. O resultado inclui peças únicas, reflexos de narrativas especiais.

+Carregar mais