Atual Emma Becker. A minha história na prostituição. “No bordel não via homens, mas seres humanos"

A escritora francesa Emma Becker trabalhou durante dois anos e meio num bordel em Berlim, onde a prostituição é legal e conta com proteção social. A Casa é um livro desconcertante, que aproxima o leitor de uma realidade que a sociedade tenta camuflar. Em França, como em Portugal, a prostituição é tolerada sem se enquadrar num quadro legal. Poderá esta publicação abrir o diálogo?

+Carregar mais