Gourmet

Da comida rápida ao ‘fine dining’, uma viagem pelo novo spot asiático de Lisboa

O Rei da China e a Casa dos Prazeres são dois restaurantes que se unem num só lugar. Conversámos com o chef Estanis Carenzo e com a arquiteta de interiores Natalia Slay sobre o que esperar desta novidade.
Por Aline Fernandez, 25.05.2019

São duas formas de provar gastronomia asiática em Lisboa no mesmo sítio. O chef argentino Estanis Carenzo assina dois novos restaurantes no Chiado: o Rei da China, com sopas e petiscos para consumir aqui ou levar casa, e o elegante bar e restaurante Casa dos Prazeres. Ambos em parceria com o conhecido chef José Avillez.

"O chef Estanis Carenzo é um especialista em cozinha asiática e, para mim, é um privilégio e um gosto oferecer em Lisboa uma cozinha luso-asiática com muita qualidade, criatividade e diversidade, num ambiente único", resume Avillez. Para provar as duas novas propostas, fomos ao Chiado e sentámo-nos com Carenzo. "O Rei da China é um restaurante onde se pode comer muito bem e rapidamente. O menu inspira-se na street food asiática de qualidade e as sopas têm um lugar de destaque. Em Portugal, falando com o José [Avillez] descobri uma tradição parecida com a Ásia: o amor pelas sopas. Portugal é, provavelmente, o país da Europa com a mais forte ligação gastronómica e afetiva a este prato", contou-nos Estanis.

Para representar o que é feito nesta cozinha, o chef convidou as criativas Pepi de Boissieu e Natalia Slay para transformar os sabores asiáticos num design original. O objetivo era que o ambiente lembrasse uma rua estreita e movimentada de uma cidade asiática. Percebe-se o impacto da decoração quando, por detrás de uma porta discreta no Rei da China, se esconde um outro mundo, um lugar elegante, sedutor e exótico: a Casa dos Prazeres. "É um bar e restaurante, intrigantes, inspirados na Lisboa multicultural de hoje, com uma cozinha autêntica e sensorial", explica Estanis, sobre o espaço que só abre à noite.

Natalia Slay detalhou-nos o processo criativo que nos transporta de um restaurante para outro, totalmente diferente. "O papel de parede foi a primeira coisa que fizemos aqui na Casa dos Prazeres e criámos tudo o resto a partir dele. Não somos decoradoras, mas temos um mundo [de referências] de arte e de cinema, então queríamos misturar essas experiências aqui", disse.

As boas-vindas são dadas no bar. E ao seguir as medusas encarnadas da instalação suspensa, sobe-se a escadaria e chega-se à sala de jantar. Lá, o espaço é envolvente, com luzes baixas, paredes decoradas com traços abstratos e sofás em veludo bordeaux. "Aqui, os produtos da cozinha são maioritariamente portugueses, mas a forma de os interpretar é asiática", diz Estanis. Vê-se pela carta, com o rolo primavera do Vietname, Kinilaw de água, Amêijoas à Bulhão Pato de férias no Sudeste Asiático e o Caril de porco em vinha d’alhos.

O que? Rei da China. Onde? Rua Nova da Trindade, 13, Lisboa. Quando? De segunda-feira a sábado, das 12h30 às 22h30.

O que? Casa dos Prazeres. Onde? Rua Nova da Trindade, 13, Lisboa. Quando? De terça-feira a sábado, das 19h às 24h (bar até às 2h). Reservas: 211 342 160.

Tags: rei da china casa dos prazeres chef estanis carenzo decoração pepi de boissieu natalia slay josé avillez gastronomia comida asiática restaurante bar chiado viagens&gourmet
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!