Gourmet

Os melhores gelados em Lisboa

Conheça as últimas novidades e redescubra os clássicos que refrescam os dias quentes do verão.
Por Aline Fernandez, 10.07.2018

GROM

A famosa geladaria acaba de abrir a sua primeira loja no n.º 42 da Rua Garrett, em pleno coração do Chiado e bem a tempo para o verão. Criada em Itália, em 2002, por Federico Grom e Guido Martinetti, dois amigos que acreditam que por detrás de um bom gelado está a origem das matérias-primas. As frutas, por exemplo, são cultivadas na sua quinta de agricultura biológica Mura Mura, em Costigliole d’Asti, na Itália. O portefólio integra sabores que variam consoante a época, não contêm glúten, nem corantes artificiais, conservantes ou emulsionantes. Os ingredientes incluem grãos de baunilha de Madagáscar, café da Guatemala, pistácios do Médio Oriente e chocolate da Venezuela. O sabor favorito da Máxima (e também o do Federico) é o Crema di Grom, assinatura da casa. A GROM suporta ainda a reciclagem de todos os resíduos da sua cadeia de produção. Os copos, colheres e guardanapos são descartáveis biodegradáveis que, através do processo de compostagem, podem ser transformados em água e biomassa. A loja de 30 m² abre às 11h e encerra às 24h todos os dias da semana.

Nannarella

Este gelado é artesanal, feito com produtos frescos e fruta portuguesa de um fornecedor do Mercado da Ribeira e é servido com uma espátula e não em bolas. É possível ainda acrescentar natas batidas no topo, que são feitas várias vezes ao dia. Além dos clássicos morango, chocolate, avelã, há o pistácio de Bronte DOP, que vem da Sicília, e o de amêndoa DOP importada de Piemonte. Não deixe de provar o Bananarella, gelado de banana com pedaços de chocolate e nozes.

Santini

Fundada por Attilio Santini, em 1949, é uma das geladarias mais clássicas da cidade e as longas filas são prova da sua popularidade. Os sabores mais tradicionais de sempre são morango e nata, mas há também cereja do Fundão, biscoito Amaretto ou doce de ovo com pinhão.

Gelataria Versailles

Abriu em outubro do ano passado, quase ao lado da histórica pastelaria Versailles, na Avenida da República, no Saldanha. Os gelados são artesanais, confecionados lá mesmo, com 16 sabores no cardápio e uma novidade todas as semanas. Além dos gelados, também se servem crepes, bombons e capuccinos.

Brigadeirando LX

Entre brigadeiros tradicionais de diversos sabores, bolos e minibolos de brigadeiro, tartes, ovos, croissants ou brigadeiros de colher, a marca transformou o tradicional doce brasileiro num gelado de edição especial este verão, em parceria com a marca portuguesa Fini Premium Gelato.Feitos à mão na loja do Lx Factory, com base numa receita sem corantes nem conservantes, estes gelados de brigadeiro são perfeitos para os apaixonados por chocolate. Servido num frasco de vidro reutilizável, o novo gelado pode ser provado no momento ou levado para casa. Além do sabor original, tem chocolate branco e maracujá, morango e avelã da Fini.

Amorino

A Amorino foi criada por dois italianos, Paolo Benassi e Cristiano Seroni, em Paris, em 2012, e hoje já conta com mais de 50 lojas em todo o mundo. Portugal incluído, para nossa alegria. Os 20 sabores deste gelado artesanal incluem os tradicionais avelã, café, morango e maracujá, mas também sabores surpreendentes como o Amarena – nata cremosa com pedaços de ginja – ou o L’Inimitabile – o autêntico creme de barrar de chocolate com avelãs. Crepes, waffles, chás, frapés e cafés são outras das opções da carta.

Artisani

Os gelados 100% artesanais são feitos todos os dias. Também há opções em pauzinho, batidos, banana split, bolos de gelado e sorbets, que são produzidos com Água do Luso, sem gema de ovo, lactose ou gordura. As delícias não ficam por aqui. Considere acrescentar ao seu pedido crepes, waffles, panquecas, tartes e mousses: são excelentes acompanhamentos do seu gelado.

Gelados Conchanata

Fila à porta é sinónimo de popularidade e de… credibilidade. É este o caso da Conchanata. Esta geladaria localizada na Avenida da Igreja já se tornou um clássico de Alvalade. A nossa aposta vai para o crocante de caramelo.

Mamma Mia

Os gelados mais adorados de Campo de Ourique têm raiz italiana. O sabor de arroz-doce, criado em Portugal por Natale Tassitani, italiano que abriu o espaço em dezembro de 2016, une-se a alguns sabores mais italianos, como o tiramisu.

Olá

Está com muito calor e não quer sair do conforto de casa, mas ainda assim quer comer um gelado? Bom, os lisboetas já podem dar-se ao luxo de pedir gelados Olá através da aplicação de entrega Uber Eats. A nova opção foi pensada especialmente para dar resposta àquelas tardes em que não queremos sair do sofá, mas também funcionam para um snack no escritório ou para um jantar em família.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
1 Comentários
Anónimo Lamentável não estar na vossa lista,o que para mim é, sem dúvida,o melhor gelado de Lisboa: Davvero! Muito melhores que Santini, Nannarela, artisani, amorino...
10.07.2018
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!