Atualidade

Oprah Winfrey não vai concorrer à presidência dos Estados Unidos

A apresentadora, atriz e empresária norte-americana considera que não tem “o ADN para isso”
Por Andreia Rodrigues, 26.01.2018
Depois do discurso poderoso e inspirador que fez ao receber o prémio Cecil B. DeMille nos Golden Globes, a 8 de janeiro, onde falou dos escândalos sexuais, das questões raciais, de género, entre outras, e disse a todas as mulheres que "um novo dia está no horizonte", as redes sociais encheram-se de pedidos e mensagens para que Oprah Winfrey se candidatasse a Presidente dos Estados Unidos nas eleições de 2020.

Esta quinta-feira, em entrevista à InStyle, Oprah revelou que não vai concorrer à presidência. "Sempre me senti muito segura e confiante comigo em saber aquilo que conseguia ou que não conseguia fazer", acrescentando que "não é algo que me interesse. Não tenho o ADN para isso".

Até Donald Trump chegou a comentar as especulações, afirmando que uma campanha contra Oprah seria "divertida", mas que ele seria o vencedor.

Durante a entrevista, Oprah revelou também que a melhor amiga, Gayle King, lhe liga e envia mensagens com frequência relacionadas com a especulada presidência, como por exemplo: "Uma mulher no aeroporto a perguntar: ‘Quando é que a Oprah vai concorrer?’ Então a Gayle manda-me estas coisas e diz: ‘Eu sei, eu sei, eu sei! Não seria bom para ti, seria bom para todos os outros’", conclui Oprah. 
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!