Óscares 2019

Kevin Hart já não vai apresentar os Óscares 2019

O ator e comediante desistiu de apresentar a cerimónia após várias criticas da comunidade LGBT sobre declarações suas no passado. Hart pediu entretanto desculpas.
Por Aline Fernandez, 07.12.2018

Kevin Hart desistiu de apresentar a cerimónia dos Óscares de 2019 após uma enxurrada de críticas nas últimas horas sobre declarações feitas pelo ator e comediante terem sido consideradas ofensivas pela comunidade homossexual. As afirmações, segundo Hart (confira no vídeo), foram feitas em 2010 ou 2009 no Twitter.

"Tomei a decisão de renunciar à apresentação dos Óscares deste ano… Isto porque eu não quero ser a distração numa noite que deve ser celebrada por tantos artistas talentosos incríveis. Peço as minhas mais sinceras desculpas à comunidade LGBT [Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgéneros] pelas minhas palavras insensíveis ditas no passado", escreveu o comediante na sua conta oficial no Twitter.

Antes de anunciar a decisão, o ator publicou um vídeo no Instagram no qual se justificou. "Eu já disse quem eu era e quem eu sou hoje. Já o fiz (…). Já segui em frente e eu estou num lugar completamente diferente na minha vida. A mesma energia que é gasta para procurar estes tweets antigos poderia servir para encontrar a resposta para as perguntas feitas ano após ano. Nós alimentamos os trolls da Internet ao mesmo tempo que os recompensamos. Eu não vou fazer isso. Eu vou ser eu, eu vou manter os pés no chão. Em relação à Academia, estou grato e agradeço a oportunidade. Se for embora, não causarei danos."

A organização não-governamental GLAAD (Gay & Lesbian Alliance Against Defamation), que trabalha na monitorização da forma como os media e as redes sociais retratam a comunidade LGBT, apresentou uma queixa junto do canal de televisão ABC, emissora norte-americana dos Óscares, à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e ao agente de Hart para "discutir a retórica e o registo anti-LGBT de Kevin". O principal foco da crítica foi à afirmação: "Se eu puder impedir meu filho de ser ‘gay’, eu faço-o".

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!