Tendências

Elegância anti-Trump na passerelle de Tom Ford para o inverno de 2019

O designer inspirou-se nas primeiras coleções que assinou para a Gucci nos anos 90 e trouxe de volta o glamour sem artifícios nem tendências passageiras.
Por Ana Silva, 07.02.2019

Tom Ford quis regressar à simplicidade numa coleção que serviu de resposta ao clima político e social que se vive nos Estados Unidos da América e no mundo. "Não quero criar nada demasiado desafiador nem algo agressivo. Nunca fui um designer que se limita a uma única época e isso influencia a forma como eu desenho", disse o designer à Vogue US.

Na passerelle, saltaram à vista os fatos femininos em cores sedutoras, os fatos em veludo em cores fortes, os cortes retos, as cinturas justas e as calças de cetim oversized combinadas com malhas.

Numa altura em que os designers lutam constantemente entre o conforto e a inovação, Tom Ford reinventou uma feminilidade sem tempo nem exageros de estilo.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!