Moda

Raf Simons de saída da Calvin Klein

Menos de dois anos depois de apresentar sua primeira coleção, o designer belga deixa a marca norte-americana.
Por Aline Fernandez, 22.12.2018

O designer belga Raf Simons já não é diretor criativo da Calvin Klein. Num comunicado, a empresa afirmou que "ambas as partes decidiram amigavelmente separar-se depois da Calvin Klein Inc. decidir  uma nova direção de marca que difere da visão criativa de Simons". Os representantes de Raf recusaram-se a comentar o assunto. De acordo com o site Business of Fashion, Simons tem ainda oito meses de contrato com a marca norte-americana.

No comando da direção criativa da Calvin Klein desde 2016, sinais recentes indicavam que os resultados não estavam a ir tão bem quanto se esperava. No mês passado, a empresa de moda relatou uma perda de US$ 21 milhões em vendas, aproximadamente €18,45 milhões.

A Calvin Klein é a terceira grande marca que Simons lidera. Na Dior, foi Simons quen estabeleceu um novo rumo após a saída abrupta de John Galliano e, antes, na Jil Sander, trouxe um novo vigor e uma maior atenção para a marca.

É certo afirmar que Raf Simons – que foi distinguido pelo Council of Fashion Designers of America durante seu período na Calvin Klein – será uma ausência intensamente sentida na próxima Semana de Moda de Nova Iorque, em fevereiro.

Um dos mais fortes candidatos para substituir Simons é Christopher Bailey, que ficou 17 anos à frente da Burberry, como diretor criativo, deixando o posto em março deste ano.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!