Moda

O que não usar num casamento: 10 crimes de estilo que as convidadas devem evitar

Vestiria calções para um casamento? E preto? Shane Watson, do The Telegraph, investiga os maiores erros de estilo em casamentos e o que fazer para os evitar.

David Beckham e Victoria Beckham no casamento do Príncipe Harry e Meghan Markle (2018).
David Beckham e Victoria Beckham no casamento do Príncipe Harry e Meghan Markle (2018). Foto: Getty Images
13 de agosto de 2021

Não há ocasião mais desafiante do que um casamento no que diz respeito à indumentária. Queremos ser nós mesmas e, no entanto, temos de estar 20% mais elegantes, 20% mais arranjadas.

Ficamos completamente fora das nossas zonas de conforto no que diz respeito ao estilo a escolher – mas algumas de nós já foram a imensos casamentos e aprenderam com os erros. Eis os 10 mais comuns:

  1. Usar preto ou branco
 Victoria Beckham deixa o Hotel Hassler depois do casamento de Katie Holmes e de Tom Cruise (2006).
Victoria Beckham deixa o Hotel Hassler depois do casamento de Katie Holmes e de Tom Cruise (2006). Foto: Getty Images

Branco porque é, estritamente, a cor da noiva (bege pode usar). Preto porque irá parecer uma desmancha-prazeres da Moda. Não escolha néon nem outros tons ofuscantes, especialmente se vai tirar fotografias.

Leia também
  1. O casaco errado
Ashley Roberts (2019)
Ashley Roberts (2019) Foto: Getty Images

Não caia no erro de vestir um qualquer casaco antigo. Tem de ser um "casaco de cocktail" (com um corte prático e em tecido acetinado [normalmente casacos a três quartos]), ou um casaco curto de cores leves (funciona melhor sobre uma peça de roupa mais comprida). Não pense, no próprio dia do casamento: "vou dar o toque final com uma écharpe’; acabará por ter um look semelhante ao de um "sábado à noite no jardim exterior de um bar". Se você for a Cressida Bonas [ex-namorada do príncipe Harry, com um estilo muito casual chic], poderá usar uma écharpe. Se assim não for, precisa de um casaco elegante (não estamos a falar do tipo de casaco que vestimos para ir do sítio A ao sítio B sem apanhar frio, mas mais do estilo de casaco de sair de Camilla Parker Bowles), ou, se não estiver muito calor, um casaco quente em pele ou uma gola em pele.

  1. Usar roupa curta
Sophie Turner no casamento de Kit Harrington e Rose Leslie (2018).
Sophie Turner no casamento de Kit Harrington e Rose Leslie (2018). Foto: Getty Images

Kate Moss foi de calções a um casamento, compondo  o conjunto com um blazer, mas estamos a falar da Kate Moss. E, honestamente, suspeitamos que ela poderá, retrospetivamente, ter lamentado não levar um descontraído vestido Galliano. Peças curtas – a menos que sejamos muito novas e vivazes – não têm os exigidos 20% de elegância.

Leia também

A boa notícia é que agora se pode usar peças de roupa compridas num casamento e não parecer que nos juntámos a uma seita. Peças de roupa compridas nesse dia são normais, especialmente se o casamento for ao final do dia. No caso de se decidir nessa direção, tenha o cuidado de não usar roupa demasiado florida.

Evite golas demasiado rendilhadas nas bordas, golas altas ou mangas tufadas (independentemente do quão cool possa achar a Susie Bicks com os vestidos da sua marca Vampire’s Wife), ou aplicações de organza (que há muitas nas lojas). Também importa reafirmar que a roupa comprida não é para todos. Simplesmente não funciona com algumas pessoas e em muitas menos a partir dos 40 anos.

  1. Saltos absurdos
Street style em Paris (2020)
Street style em Paris (2020) Foto: Getty Images

Tenha em conta o tipo de piso: a gravilha, o relvado, o terreno onde vai estacionar o carro. Quase nunca se está em terreno seguro num casamento, por isso é melhor pensar duas vezes quando se decidir pelo calçado. Completamente fora de questão estão: botas, sabrinas e mules (20% demasiado casuais), ao passo que os stiletto ou os saltos kitten são totalmente impraticáveis quando há relva.

Leia também

O que nos sobra são os microsaltos (desde que não sejam demasiado finos), os saltos quadrados (bonitos com uma tira no tornozelo) ou umas confiáveis sandálias com salto plataforma, que têm a vantagem de amortecer o andar e acrescentar um pouco de firmeza ao look.

  1. Parecer demasiado casual
Street style (2016)
Street style (2016) Foto: Getty Images

Escolher um vestido de corte enviesado com um cardigan é garantia de que se sentirá como se estivesse a vestir a sua camisa de noite. Os casamentos são eventos de exposição. Estamos em plena luz do dia, caminhamos pelo corredor de uma igreja (talvez) e ficamos sentados à frente de desconhecidos para uma refeição com três pratos. Não é como uma festa onde ninguém irá reparar nos seus sapatos ou no rasgão no tecido debaixo do seu braço. Depois de terem passado o dia anterior em pânico em relação aos seus próprios looks, as pessoas vão de certeza reparar, por isso quanto mais elegante e interligada for a sua roupa, melhor o seu dia correrá.

  1. Uma má mala
Street style (2020)
Street style (2020) Foto: Getty Images
Leia também

Não arruíne tudo ao escolher a sua grande mala preta, já gasta, ao sair para o casamento. Algumas de nós odeiam pequenas carteiras frágeis, mas são necessárias e há imensas mini-bolsas com alça por onde escolher e que podem facilmente aconchegar-se debaixo do braço. Simples.

  1. Demasiado MOTB (mother of the bride – mãe da noiva)
Cara Delevingne com James Cook e Derek Blasberg no casamento da princesa Eugenie (2018).
Cara Delevingne com James Cook e Derek Blasberg no casamento da princesa Eugenie (2018). Foto: Getty Images

A menos que você tenha um fabuloso fato saia-casaco da Chanel, provavelmente não quererá seguir esta via (se bem que uma saia sem fazer conjunto com o casaco possa funcionar). Não use calças (a não ser que tenha um fato vintage Ossie Clark em crepe). Poderá usar um macacão fluido se for bastante chique, com a parte inferior larga e bem comprida, e não algo que se assemelhe às noites em Ibiza.

Certa vez comprei um macacão glamoroso para usar especificamente em casamentos, mas de cada vez que surge um evento dessa natureza sinto que vou passar a mensagem de que "estou a tentar ser mais cool do que o teu casamento", e tudo o que na verdade quero é usar um vestido bonito.

Porquê complicar quando um vestido é tão simples? Um vestido floral, abaixo do joelho ou até mais comprido, e que pode ter mangas compridas, é romântico e fluido, é atrativo sem ser muito justo. Este tipo de vestidos tem a palavra casamento escrita por todo o lado.

  1. Estar chamativa (em ambos os sentidos)
Street style (2019)
Street style (2019) Foto: Getty Images

Um casamento não é uma ocasião para vestuário de duas peças com cintura à mostra, lantejoulas ou sapatos com pedras preciosas de imitação incrustadas. Os óculos de sol como declaração de moda ficam muito bem, mas retire-os na igreja, caso contrário vai parecer um pouco ‘quero lá saber’.

  1. Demasiada maquilhagem
Lady Gaga na Met Gala de 2019.
Lady Gaga na Met Gala de 2019. Foto: Getty Images

A maquilhagem leve é sempre a melhor opção para os casamentos. Temos a luz do dia e queremos ter uma aparência fresca e não o ar de que vai à discoteca. Se nunca usa baton vermelho, um casamento de manhã na igreja da sua paróquia não é a melhor altura para experimentar.

  1. Chapéus que chamam a atenção
Princesa Beatrice no casamento de Mike Tindall e Zara Philips (2011).
Princesa Beatrice no casamento de Mike Tindall e Zara Philips (2011). Foto: Getty Images

Quanto mais próxima você for da noiva ou do noivo, maior poderá ser o seu chapéu (se não for uma familiar chegada, isto é, se não estiver sentada nos bancos da frente, resista às "antenas parabólicas" – irá tapar a visão dos outros convidados na igreja). Posto isto, talvez prefira prescindir do chapéu largo; a ideia é ter pinta, e não tornar-se uma curiosidade.

Quanto aos chapéus pequeninos, são oficialmente para esquecer, já que até foram banidos do recinto real em Ascot. Não se sinta tentada por um chapéu "trilby" (mais masculino, que difere do modelo "fedora" pela sua aba mais curta), por um panamá – demasiado associado à praia – ou por acessórios florais para o cabelo, a menos que seja uma das damas de honor e tenha menos de 12 anos.


Shane Watson/ The Telegraph

Tradução: Carla Pedro

Saiba mais Kate Moss, moda, casamemto, o que não usar, erros, realeza, matrimónio
Mais Lidas