Moda

Coco Chanel, uma musa no masculino

Como o império de Coco Chanel pôs o estilo masculino ao serviço do feminino.
Por Vitória Amaral, 23.10.2019

A influência inédita da fundadora da Chanel na maneira como as mulheres se passaram a vestir é, além de uma ode à liberdade, uma adaptação da presença da mesma na vida masculina. Esta conversa criativa entre géneros foi o ponto de partida para o seu estilo pessoal, assim como o estímulo do seu amor pelas artes, literatura, viagens e desporto, chegando mesmo a influenciar os seus negócios. No entanto, foi pela sua própria liberdade e independência enquanto mulher que Chanel lutou durante toda a vida, num mundo tão masculino como aquele em que viveu.

Gabrielle estabeleceu este conceito de género ao longo do seu trabalho através de "empréstimos" do guarda-roupa masculino como inspiração. Criaram-se assim alguns dos componentes primordiais do vocabulário Chanel: o fato imaculado, o couro acolchoado ou as carteiras a tiracolo. Por exemplo, a ideia do perfume Chanel Nr 5 surgiu numa visita ao Duque Dimitru Pavlovitch que, além de apreciar fragrâncias exóticas, na altura apresentou-a ao famoso perfumista Ernest Beaux (que a ajudou a tornar o sonho de lançar um perfume realidade). Também o tweed usado pelo Duque de Westminster oferecia outra perspectiva de sofisticação e simplicidade, que se veio a traduzir no estilo pessoal de Gabrielle para as atividades associadas ao mundo masculino, como a pesca ou o golfe, acabando por revolucionar o guarda-roupa feminino. Esta assinatura está presente em todos os seus perfumes, peças icónicas, e na coleção "Diamond Jewellery" que foi lançada em 1932.

Coco Chanel também se tornou mecenas das artes: artistas como Picasso, Dali, Cocteau e Reverdy tornaram-se grandes amigos e fontes de inspiração para o trabalho da criadora.

Boy Capel, considerado o amor da vida de Chanel, também a apoiou em vários aspectos, nomeadamente com um empréstimo para fundar a casa Chanel, que esta pagou de volta pouco depois, permitindo-lhe comandar o império sozinha. Foi esta determinação e independência que fizeram de Coco Chanel um ícone universal.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!