Moda

As sete peças da nova coleção da Constança Entrudo

Para a primavera-verão 2020, a designer de moda portuguesa levou a sério o conceito da sustentabilidade. Esta também é a sua primeira coleção pensada para um público masculino.
Por Aline Fernandez, 24.06.2019

Depois de apresentar as suas propostas para o outono-inverno, Constança Entrudo decidiu fazer coleções mais pequenas. "Porque a sustentabilidade é o meu moto principal, o valor principal da marca e eu senti que estava a fazer demasiadas peças", explicou à Máxima a designer de moda portuguesa durante o showcase ModaPortugal, realizado esta semana em Paris. "Agora o objetivo é também reduzir o número de peças e trabalhar mais nelas. Por isso escrevi as horas de trabalho e outras informações [nas etiquetas das roupas], porque estou a dar mais valor à peça em si do que propriamente ao look completo."

Assim, a coleção primavera-verão 2020 é composta apenas por sete peças. E também é a primeira coleção da Constança Entrudo a pensar no público masculino. "Tem menos cor, volta um bocadinho à minha primeira coleção de sempre, à minha origem. E no fundo fui buscar várias roupas tradicionais de homem, comprei em vários mercados e várias em segunda mão, desconstruí e criei um bocadinho aquela ilusão de que estão dobradas", explica-nos a designer de moda enquanto nos guia pela coleção (veja no vídeo acima).

As diferenças não ficam por aí. Também há mudanças "em termos de molde, da maneira como o fitting é feito, sendo que todas estas peças são para mulher também. Desenhar unissexo continua a ser a minha filosofia. Apesar das cores parecerem mais masculinas comparadas às minhas antigas coleções, a coleção continua a ser unissexo." Ainda bem, pensamos nós.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!